BBB20: Mari insinua ter deixado Thelma ganhar prova do líder, e é criticada por Rafa: ‘O mérito foi da Thelma’; Perfil da médica também se posiciona – Assista

Depois de exaustivas 26 horas de duração, a prova do líder do “BBB20” chegou ao fim. Próximas de completarem um dia na disputa, Thelma e Mari receberam boas notícias de Tiago Leifert. O apresentador aproveitou o programa ao vivo de ontem (20), para anunciar que ambas competidoras já estavam imunes – afinal a vencedora seria líder, e a segunda colocada, conforme combinado com o público, receberia imunidade.

Aliviada, Mari começou a ponderar sobre a permanência na prova. “Você quer ficar? Eu saio”, alegou a influenciadora. “Você quem sabe, mesmo. Sei que você também quer ganhar. Se quiser ficar mais, a gente fica, não tem problema. Vamos no nosso limite. Você é tão merecedora quanto eu”, elogiou a médica.

A dupla permaneceu ali por mais algumas horas. Pensativa, Mari seguiu analisando o jogo. “Eu não sei se vale a pena a gente ficar sofrendo até de manhã, sendo que o principal a gente já tem, que é a imunidade. Eu aguento de boa até amanhã, mas fico pensando nisso que o Tiago disse”, afirmou.  Thelma ouviu a sister sem interrupções, mas discordou do posicionamento. “Um dos meus objetivos do jogo é ganhar o líder pelo menos uma vez”, declarou. E ela conseguiu.

Assim que voltaram para a casa, as sisters foram super aplaudidas pelos colegas. Enquanto conversava com Flayslane, Mari insinuou ter deixado a médica vencer. “Tiago entrou no meio da prova e falou que as duas estavam imunizadas. E a Thelma queria muito, muito o líder. A gente ficou debatendo e aí eu falei: ‘Pode ficar’. E acabou ficando pra ela, porque se não, a gente ia ficar até de manhã lá. Perguntei se ela ia votar em você (Flay), e ela disse que tinha várias opções”, explicou.

Mais tarde, a influenciadora se dirigiu ao quarto céu, e acabou ouvindo um trecho da conversa de Thelma com as amigas. Cismada, ela se dirigiu à área externa da casa e, assim que avistou Gabi saindo, questionou a cantora sobre o papo que estava rolando no quarto: “Amiga, posso te fazer uma pergunta, rapidinho? Na hora em que eu entrei no quarto, era alguma coisa sobre mim que vocês estavam conversando?”.

A mineira desconversou, mas acabou contando que elas falavam sobre um diálogo travado entre as finalistas, ainda durante a prova. “Era em questão de voto, né? [Thelma disse que você perguntou] em quem ela iria votar no paredão, essas coisas, né?”, respondeu Gabi. Cabisbaixa, Gonzalez desabafou: “Ai, eu estou arrependida de ter deixado ela ganhar, sério. Na hora em que eu entrei [no quarto], mudou o assunto. É muito chato isso”.

Mari tinha medo de deixar a prova, pois acreditava que Thelma fosse indicar Flay para a berlinda. (Foto: Reprodução/Globoplay)

Chateada, a sister explicou seu descontentamento com a postura da médica para Ivy e Flay. De acordo com Mari, Thelma estava cansada e só acabou vencendo porque ela, em solidariedade à colega, saiu da disputa.

“Ela estava dando texto no quarto sobre isso, de eu ter perguntado se ela ia votar na Flayslane ou não. Mas vai saber a forma como ela falou, porque estavam batendo palmas. Já fico mal, eu podia ter ficado até 9 horas da manhã [na prova]. Mas pensei, não. E assim, ela estava com a cara de estar mal… eu conseguiria ficar mais”, garantiu a morena.

Ivy pediu que a sister mantivesse a calma. “Eu acho essa atitude que você fez perfeita. Não é fácil você ‘entregar’ o líder pra uma outra pessoa. Você falou que ela queria muito, foi genuíno o que você fez. Deixa o público julgar, amiga, a gente não tem o que fazer”, aconselhou a modelo.

Enquanto isso, Rafa e Manu criticavam a postura de Mari. Para a influenciadora, Mari desistiu porque não aguentava mais, mas fingiu ter dado a liderança para Thelma para tirar o mérito da médica. “Eu ouvi ela falando que você estava mal, e que ela só saiu porque precisava fazer xixi. Sendo que ela estava acabada desde ontem. Ela não estava aguentando mais, e você estava tranquila. O mérito foi inteiro seu”, afirmou Rafa.

A conta oficial da anestesiologista também enalteceu a garra de Thelma: “Ninguém deixou a Thelma ganhar, não. Thelma estava plena, chegou em casa andando, pulando, não correu pro banheiro. Mérito 100% dela! E ninguém vai mudar isso! Ela ganhou por ela. Foi a última a sair, ela venceu, ela lutou! E estava o tempo todo falando pra darem o máximo! MÉRITO DELA!”.