BBB21: Sônia Abrão dá resposta certeira para jornalista sobre racismo no reality, mas decepciona a web com “homenagem” à black power; confira

O jogo da discórdia que aconteceu ontem (5), no “BBB 21”, fomentou fortes discussões em nossa sociedade sobre o racismo. Na dinâmica, João Luiz foi às lágrimas ao desabafar ao vivo sobre o comentário racista feito por Rodolffo dias atrás, ao comparar o cabelo do professor com a peruca da fantasia de homem das cavernas no castigo do monstro. A pauta fez parte do programa “A Tarde é Sua” de hoje, e acabou provocando uma discussão entre a apresentadora Sônia Abrão e o colunista Thiago Rocha, que criticou o discurso de Camilla de Lucas para o cantor sertanejo.

A princípio, os dois falavam que o cantor sertanejo poderia ter tido a fala preconceituosa sem a pretensão de ofender, e os dois exemplificaram diversas expressões que já foram e são usadas hoje em dia, mas que também são racistas. “Eu tinha muito a mania de falar ‘a coisa tá preta'”, recordou Sônia. “A gente vai se conscientizando, não é que o mundo tá ficando careta”, acrescentou a apresentadora, que recebeu o apoio do colega de trabalho.

A coisa começou a desandar mesmo quando Thiago passou a criticar Camilla de Lucas, que ontem teve uma conversa com Rodolffo e, mesmo sem obrigação, o aconselhou por qual motivo ele estava errado. “No alto da sua Lumenice, ela falou tanta coisa [… ] Eu fiquei pensando, se ela tem tanto orgulho do cabelo dela, porque ela está com um cabelo que não é dela?”, indagou o jornalista, referindo-se à lace que a sister tem usado no programa.

Continua depois da Publicidade

Na mesma hora, Sônia manifestou descontentamento com a fala. “Ah, não! Você não tá falando isso, Thiago… Pelo amor de Deus! Qualquer um tem o direito de fazer o que quiser. Não quer dizer que ela desgoste do cabelo dela. Você entra no Instagram dela tem mil fotos com cabelo natural. Quer dizer, por você ser negra e ter um tipo de cabelo, você vai ter que conviver com esse cabelo pro resto da sua vida, você é proibido de mudar se não está negando suas origens e raízes?”, analisou Abrão, observando que a cantora Ludmilla foi criticada pelo mesmo motivo no último final de semana, quando se apresentou no programa.

Após jogo da discórdia, Camilla de Lucas conversou com Rodolffo sobre o comentário feito para João Luiz. Foto: Reprodução/TV Globo

Thiago argumentou que a questão foi o fato da influenciadora ter gritado ao invés de explicar, o que não é exatamente uma verdade a respeito de como a conversa se desenrolou. “Porque dói nela e não dói nas pessoas! A oportunidade de falar é agora, porque tá entalado por muito tempo, ela precisava desabafar. Você tem que entender o desabafo da menina também”, defendeu Sônia. A apresentadora ainda se incomodou com o fato do colega ter compreendido a crise de choro que Gilberto teve com a eliminação de Sarah, mas agora criticar Camilla com um assunto sério.

“Por que a Camilla não se incomodou quando a Juliette pegou a [lace], colocou e falou que tava parecida com a mulher [das cavernas]…”, começou Thiago, tentando sustentar o argumento de que Camilla de Lucas interpreta o racismo de forma seletiva. Sônia Abrão se irritou ainda mais ao ver o nome da advogada envolvida na história, e também saiu em sua defesa, afirmando que assistiu às cenas e não foi assim que o episódio se deu. “Não é verdade! Eu tenho a sequência do vídeo”, garantiu, antes de perceber que os dois estavam falando de momentos diferentes do jogo.

Continua depois da Publicidade

A apresentadora ficou insatisfeita que o colega continuava batendo na tecla de que Camilla de Lucas deveria ter se irritado com Juliette, e finalmente disse: “Thiago! Thiago! Foram situações diferentes! A nossa discussão não tem a ver com uma história lá no passado, que não ofendeu ninguém. Você tá tirando da cova uma coisa que não tem mais significado. Essa comparação não existe a partir do momento que eles não se sentiram ofendidos. Ou você viu a Camilla e o João chorando por causa disso? Não os atingiu! Depende da maneira como as coisas acontecem. A gente não pode julgar uma pessoa por uma mesma atitude em situações diferentes. Ela não fez absolutamente nada demais!”. Assista ao vídeo:

No Instagram, Sônia Abrão continuou tentando levantar a bandeira antirracista por causa da situação, e publicou uma foto com uma peruca black power. “Black é lindo”, escreveu em inglês. Nos comentários, no entanto, seguidores alertaram a apresentadora que a iniciativa pode ser tão problemática quanto o que aconteceu no “BBB 21”. “Cuidado Sônia para não dizerem que é apropriação [cultural]”, escreveu uma jovem. “Uai, isso não é apropriação?!”, perguntou outro internauta. Sônia respondeu: “Não, é homenagem!”. “Desnecessário”, pontuou um terceiro perfil.

Sônia Abrão colocou peruca black power para fazer “homenagem”. Foto: Reprodução/Instagram

No Twitter, a publicação viralizou de forma negativa. “Alguém avisa a @SoniaAbrao que isso aqui não é beautiful, não! Esse povo não tem equipe de pesquisa?”, perguntou um rapaz. “Mano, mas que porra que tá acontecendo nesse país? PRA QUÊ ISSO, SÔNIA ABRÃO??”, indagou outro perfil. “Ultrapassando o limite!”, declarou o perfil TVlizando. “Vocês estão de zoeira? Gente, esse país é uma piada de péssimo gosto”, criticou a apresentadora Stephanie Ribeiro.