Coronavírus: Marcelo Magno, âncora do Jornal Nacional, tem melhora e respira sem ajuda de aparelhos; Saiba os detalhes

Notícia ótima! Marcelo Magno, um dos âncoras do rodízio de fins de semana do Jornal Nacional, da TV Globo, apresentou melhoras após ser infectado pelo novo coronavírus (SARS-Cov-2). De acordo com o boletim médico divulgado nesta segunda-feira (23), o jornalista piauiense já respira sem ajuda de aparelhos, está consciente e interagindo.

O paciente Marcelo Magno Ribeiro Barbosa foi extubado na tarde de hoje. No momento, encontra-se em vigilância respiratória e segue em monitorização contínua. Está consciente e interagindo. Mantém demais sinais vitais dentro da normalidade“, informou Marcelo Burlamarque Nunes, diretor médico do Grupo Med Imagem (GMI). O âncora está internado desde o último dia 15, e chegou a ficar seis dias na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

No Jornal Nacional, de sexta-feira (20), William Bonner falou sobre o caso e explicou como Marcelo poderia ter contraído a Covid-19. “Ele apresentou o JN no dia 7 de março, no revezamento de colegas de todo o Brasil. Para isso, o Magno chegou ao Rio na quinta-feira, dia 5. Estava bem de saúde. No domingo, dia 8, ele partiu do Rio para Teresina, e passou nove horas no aeroporto de Congonhas, em São Paulo, para um voo de conexão. A suspeita, é que tenha sido infectado nesse período”, pontuou.

“Ele começou a apresentar sintomas de gripe depois de dois dias, terça-feira, já trabalhando em Teresina. Ele procurou o hospital, mas médicos que o examinaram descartaram qualquer infecção, e Magno voltou para casa. Na madrugada do domingo, dia 15, ele teve febre, voltou para o hospital e foi internado”, relatou Bonner.

Marcelo apresentou o JN pela última vez no dia 7 deste mês (Foto: Divulgação / TV Globo)

O jornalista foi levado para a UTI na quarta (18), após ter seu quadro agravado por conta do cansaço e da dificuldade para respirar. Segundo os médicos responsáveis, o tratamento surtiria efeito mais rapidamente com Magno entubado. Na quinta-feira (19), o resultado positivo do teste de Covid-19 saiu. O estado de saúde do apresentador chegou a ser considerado grave. Felizmente, ele respondeu bem ao tratamento e apresentou melhoras.

Na afiliada da Globo no Piauí, onde Marcelo trabalha, 26 pessoas apresentaram sintomas e 100 foram colocadas em quarentena, de acordo com o UOL. A situação caótica terminou com a suspensão das atividades da redação. Desde então, a Globo Recife tem produzido seus telejornais com notícias do próprio estado e também de Teresina para exibição em ambas as regiões. Foi a solução emergencial, encontrada pela emissora, para não deixar os piauienses sem informações do estado nesse momento delicado.