Fotojet (2)

Datena briga com suspeito de dar golpe em Neymar e jovem abandona entrevista ao vivo: “Já acabou, Datena?”; assista

Ex-funcionário do banco desviou cerca de R$ 200 mil da conta do jogador aos poucos, fazendo com que ninguém percebesse o sumiço da quantia

Torta de climão servida com sucesso! Nesta sexta-feira (11), o apresentador José Luiz Datena entrevistou o jovem Lucas Almeida Ferreira dos Santos, de 20 anos, suspeito de ter aplicado um golpe e desviado cerca de R$ 200 mil do atacante Neymar Jr. Enquanto conversavam, Datena se irritou com o rapaz, que não aceitou o “xingamento” e deixou o apresentador do “Brasil Urgente” falando sozinho.

Lucas foi preso na terça-feira (8), na zona leste de São Paulo, mas foi solto e vai responder ao processo em liberdade. Antes de Datena, o jovem já havia sido entrevistado pelo repórter Marcelo Moreira. Ele afirmou que não há dinheiro para devolver, já que investiu tudo o que pegou em sua casa. Ele ainda pediu desculpas para Neymar, dizendo estar arrependido. “Não fiz por ostentação”, garantiu, ao afirmar como o “nosso sistema bancário é falho”.

“Lucas, aqui é o Datena. Cá entre nós, você não cometeu violência, mas você cometeu um crime. Você não acha que você é um cara de pau? Você roubou dinheiro da conta. É muito cara de pau. Você está gozando da cara da sociedade, é muita cara de pau sua falar que investiu dinheiro na casa sua. Você roubou dinheiro dos caras, pô. Você lesou a sociedade, investiu na sua casa, você deveria ser preso”, iniciou Datena.

O apresentador continuou: “É que a justiça no Brasil favorece gente como você. Você acha que é legal incentivar as pessoas a roubarem e dizer que o banco tem a suas fragilidades? Você é um baita cara de pau, além de ser um ladrão. Na sua opinião, você é um cara normal? Você acha que o exemplo que você está dando é legal?”.

Capsule Collection Neymar Jr. X Replay At Weltstadthaus Duesseldorf
Conta roubada era movimentada pelo pai do jogador. (Foto: Getty)

Lucas interrompeu a fala, tentando se defender do jornalista. “Sim, sim. Sou um cara normal. Sou um cara estudioso, como vocês puderam ver, universitário e tudo mais. Você não tenho o direito de me esculachar”, afirmou.

“Você já acabou, Datena?”, questionou o rapaz, quando o apresentador continuou falando. “Não é que eu acabei. Você é picareta e passa um péssimo exemplo para a sociedade”, continuou Datena. Foi quando Lucas tirou o fone e abandonou a entrevista. “E ainda tira sarro da cara da sociedade. É isso que a nossa Justiça proporciona”, concluiu o apresentador ao reprovar a atitude de Lucas.

Assista ao momento:

Assista à entrevista completa:

 

Relembre o caso

O jogador de futebol Neymar Jr., atacante do Paris Saint-Germain, foi vítima de um golpe e teve cerca de R$ 200 mil roubados de sua conta. O suspeito foi identificado como Lucas Almeida Ferreira dos Santos e é funcionário terceirizado de um banco que presta serviços para o atacante. Apesar do susto, o banco devolveu o valor desviado para o atleta.

“O caso do Neymar tem uma peculiaridade, porque quem fez o desvio foi um funcionário do próprio banco, um funcionário de uma empresa terceirizada do banco. Eles tinham acesso a senhas que podiam fazer algumas movimentações bancárias”, contou o delegado Fábio Pinheiro Lopes, diretor do Departamento Criminal de Investigações Criminais de São Paulo (Deic).

O delegado ainda explicou a forma “discreta” que o golpe foi realizado, sem chamar tanta atenção de quem sofreu o prejuízo: “O que este rapaz preso fez? Pegou a senha do seu companheiro de sala e começou a fazer pequenos furtos de dinheiro da conta de pessoas famosas e com um poder aquisitivo alto. E essas pessoas não perceberam. Ele fez uma de R$ 10 mil, depois outra R$ 10 mil, depois R$ 20 mil, depois R$ 50 mil… e aí totalizou R$ 200 mil”.

Continua depois da Publicidade

Segundo o “Brasil Urgente”, a conta de onde o dinheiro foi retirado é, supostamente, movimentada pelo pai do jogador da seleção brasileira. “Quando descobriram, procuraram o banco. O banco ressarciu a vítima e foi ver quem fez isso”, finalizou à emissora, sem revelar o nome da instituição financeira envolvida.

Na entrevista, o delegado ainda deixou um aviso importante para o público. “O que a gente orienta é que todos sempre olhem a conta corrente, olhem as movimentações bancárias e deixem habilitados os avisos. Quando alguém usar o seu cartão de crédito você receber um aviso… Todas essas formas de segurança que estão disponíveis hoje, muitas vezes a pessoa não faz por esquecimento ou comodidade, vão ajudar a pessoa a não cair em golpes”, afirmou.