Dd

Dona Rosângela aparece na Globo após vídeo viral, e caso tem reviravolta; vem assistir e saber a reação da ‘patroa’

Nome da encarregada de um condomínio no Recreio, na Zona Oeste do Rio, viralizou após funcionária mandar recado sincarão ao vivo: “Não tem como, né, dona Rosângela? Não tem como chegar no trabalho”

Nessa terça-feira (29), viralizou nas redes um desabafo feito ao vivo, na TV Globo, por Ana Beatriz dos Santos. Em meio à greve dos rodoviários do Rio de Janeiro, a passageira de 23 anos enfrentava dificuldades para chegar ao trabalho e mandou um recado sincerão para a patroa: “Patrão mandou dar um jeito da gente chegar lá. De que jeito?! Não sei. De avião, só pode. Porque não tem como, né, dona Rosângela? Não tem como chegar no trabalho”.

Rapidamente, o assunto foi parar entre os mais comentados do Twitter. Hoje (30), Ana voltou a conversar com o “Bom Dia Rio” e trouxe com ela a famosa dona Rosângela. O caso teve uma reviravolta para o público, que descobriu que a carioca não é uma patroa carrasca ou dondoca como muitos pensaram. Ela, inclusive, também ficou sem ônibus e só conseguiu chegar ao trabalho, pois pegou uma carona com seu supervisor.

Continua depois da Publicidade

Ao se encontrarem, as duas tiraram sarro da situação e o expediente seguiu normalmente, sem brigas ou puxões de orelha. “Ela só olhou pra minha cara e riu! Agiu normalmente”, contou Ana Beatriz, sobre a reação de Rosângela. A patroa, inclusive, explicou por que insistiu que a jovem comparecesse ao trabalho, mesmo que atrasada.

“Realmente, foi complicado, mas tinha como chegar. Ia demorar um pouco, mas tinha como chegar. Como ela está de experiência, falei: ‘dá um jeitinho aí, faz esse esforço’. Mas não mandei ir de avião não, tá? (risos) Ela que falou aquilo brincando, é o jeito dela de falar”, esclareceu a auxiliar de serviços gerais. “Os colegas botaram maior pilha, pensaram que a patroa ia ficar com raiva, mas nada mudou. Foi só uma brincadeira”, confirmou Ana.

Após conceder a entrevista ao matinal da Globo ontem, Ana Beatriz demorou mais 3 horas para chegar ao trabalho. A volta para casa não foi diferente. Ela também pegou conduções lotadas e fez alguns vídeos para detalhar outras das dificuldades que enfrenta todos os dias. Em um dos registros, a jovem aproveitou para mostrar uma passageira grávida que não conseguia lugar para sentar.

Dona Rosângela, por sua vez, precisou pegar outra carona, já que a região onde mora, na Zona Oeste, continua sem transporte adequado. “Aqui é BRT ou van, mas as vans estão cobrando até R$ 20 e estão circulando até Campo Grande só. Em dias normais a passagem custa R$4,05. Aí não tem como”, declarou.

Sucesso nas redes

A dupla ficou famosa nas redes. Ana já ganhou mais de 8 mil seguidores em seu perfil no Instagram (@639.beatriz), mas perdeu a senha de acesso à conta. “Eu não tinha nada. Se eu tinha umas quatro pessoas me seguindo era muito. Mas agora não consigo interagir com ninguém porque perdi a senha. Até criei um outro perfil para as pessoas me seguirem, mas não está a mesma coisa. Aliás, divulga aí para explicar para todo mundo que sou eu mesmo”, comentou ela, prometendo criar conteúdo para seus seguidores.

Foi também nas redes que ela defendeu a patroa de algumas críticas. “Ela não é essa bruxa que estão falando na internet. Muitos ‘seguimores’ gostam de inventar”, avisou. Rosângela, por outro lado, teve perfis fakes criados em seu nome e alertou: “Menina, avisa que não sou eu não. Tão dizendo que o fake postou até que vai demitir a Bia”.