Jj

Passageira afetada por greve rodoviária manda recado sincerão para patroa ao vivo na Globo: “Não tem como, né, dona Rosangela?!”; assista

Mulher deu resposta afiada e ao vivo para patroa que mandou “dar um jeito” para chegar no trabalho

Na madrugada dessa terça-feira (29), rodoviários do Rio de Janeiro entraram em greve e a prefeitura fez um apelo para que cariocas ficassem em casa. Por alguns horas, nenhum articulado do BRT estava rodando e certas estações chegaram a amanhecer fechadas. Mesmo com o Sindicato tendo anunciado a suspensão dos serviços no meio da manhã, milhares de pessoas foram afetadas.

O “Bom Dia Rio”, da TV Globo, mostrou muitos trabalhadores tentando condução a qualquer custo por ordem dos chefes — espremidos nos poucos ônibus circulando ou pagando tarifas muito mais altas em vans. Indignada, uma delas soltou o verbo e mandou um recado sincero para a patroa, ao vivo.

Continua depois da Publicidade

“Patrão mandou dar um jeito de a gente chegar lá. De que jeito?! Não sei. De avião, só pode. Porque não tem como, né, Dona Rosangela? Não tem como chegar no trabalho”, disparou a passageira, que tinha como destino um condomínio em Curicica, na Zona Oeste do Rio, a cerca de 35 km dali. Conforme apurado pela TV Globo, mesmo após o desabafo, Dona Rosangela não liberou a funcionária e mandou que ela “catasse uma van”.

O caso, claro, deu o que falar nas redes. Apesar da seriedade da situação, muitos internautas se divertiram com a forma espontânea e sem rodeios da passageira entrevistada. “Dona Rosangela sendo explanada ao vivaço”, brincou um tuiteiro. “O Brasil é um eterno ‘não tem como, né, dona Rosangela'”, refletiu outro. “Dona Rosangela é, na verdade, igual a 99,9% dos patrões”, apontou um terceiro. “Pagar um Uber a senhora não quer, né, dona Rosangela?”, alfinetou mais uma pessoa. Veja mais reações: