“Game of Thrones”: Lena Headey revela cena “traumática” para Cersei que foi cortada da sétima temporada

[ALERTA DE SPOILERS] “Game of Thrones” entregou seu tão aguardado desfecho há algumas semanas e ainda dá o que falar. Durante participação na Comic Con de Munique, a musa Lena Headey, que interpretou Cersei Lannister na série, revelou que uma cena deletada da 7ª temporada teria contextualizado melhor as motivações de sua personagem na temporada subsequente e final do programa.

Lena contou que, na sequência, Cersei sofreria um aborto espontâneo, o que possivelmente teria modificado a narrativa da personagem para os episódios finais da série. “Nós filmamos uma cena que nunca chegou a ir para o corte final da sétima temporada, que foi a que eu perdi o bebê, um momento muito traumático, um grande momento de Cersei, mas ela nunca foi ao ar e eu meio que adorei fazê-la porque eu achei que teria servido para vermos um outro lado de Cersei”, disse a estrela.

Assista abaixo:

Headey, entretanto não deu detalhes sobre o motivo que fez com que a cena fosse deletada da versão final. Como todos devem lembrar, na penúltima temporada, descobrimos que a relação incestuosa da vilã com seu irmão gêmeo Jaime (Nikolaj Coster-Waldau) resultou em sua gravidez. Ela ainda convenceu Euron Greyjoy (Johan Philip Asbæk) de que ele era o pai da criança.

(Foto: Divulgação/HBO)

Recentemente, em entrevista ao The Guardian, a atriz também confessou não ter ficado muito satisfeita com o desfecho de Cersei, que morreu soterrada em seu castelo ao lado de Jaime. “Eu vou dizer [aos showrunners David Benioff e Dan Weiss] que eu queria uma morte melhor. Obviamente, você sonha com sua morte. Você poderia partir de qualquer maneira nessa série. Então, eu fiquei meio tensa. Mas eu acho que eles não poderiam ter agradado a todos. Não importa o que eles fizessem, acho que haveria uma grande queda nessa escalada“, afirmou.