Isabela Scalabrini se emociona e segura o choro em seu último dia de telejornal, após 22 anos no ar como âncora; assista!

O fim de uma era! Depois de ficar 22 anos fazendo companhia para o povo mineiro no horário do almoço e do jantar, a apresentadora Isabela Scalabrini se despediu do telejornal “MGTV”, da Globo Minas. Visivelmente emocionada, a jornalista explicou sobre sua saída do programa, mas deu um “até breve”, já que seguirá contratada da emissora, participando de novos projetos.

Nascida no Rio de Janeiro, Isabela Scalabrini se mudou para Minas Gerais e construiu uma carreira profissional exemplar e muito bem sucedida, principalmente à frente do “MGTV”. Hoje, ela deu um passo rumo a novos desafios. “Como muitos de vocês sabem, hoje é minha última de apresentação aqui no estúdio depois de 22 anos. Olha, foi um privilégio falar com tantas pessoas por tanto tempo. Eu não vou embora, não. Vocês vão continuar me encontrando nas ruas e nas reportagens especiais, mostrando Minas para o Brasil todo aqui na Globo. E eu vou querer aqueles abraços apertados, tá?! Vocês todos estão no meu coração, muito obrigada“, disse segurando o choro.

Continua depois da Publicidade

Isabela passou o bastão para a jornalista Aline Aguiar, que assumirá o posto de âncora do telejornal na próxima segunda-feira (5). “Isa, eu desejo a você mais felicidade e sucesso nessa nova jornada. É uma honra pra mim assumir a apresentação do ‘MGTV’. Eu conto com todo mundo aqui!“, falou a novata.

Mais cedo, Scalabrini já estava em clima de despedida e postou um vídeo em seu Instagram fazendo uma retrospectiva da carreira. “Depois de 22 anos na apresentação do #MG1, deixo o estúdio nessa sexta-feira. Foi um privilégio… Vocês TODOS estão no meu coração! Olha quem vem por aí! Uma amiga querida!“, escreveu na legenda.

Continua depois da Publicidade

Além de apresentar o telejornal e ser comadre de ninguém menos que Fatima Bernardes, Isabela Scalabrini foi pioneira ao ser uma das primeiras jornalistas a cobrir esportes na televisão brasileira. Ela também sempre foi figura carimbada na cobertura do Carnaval Globeleza na Sapucaí, no Rio de Janeiro. Recentemente, a jornalista acabou se envolvendo em uma grande polêmica ao ser acusada de ter “passado do ponto” durante sua cobertura jornalística da tragédia em Brumadinho. Seus questionamentos para os familiares das vítimas foram recebidos com estranhamento pelo público e geraram revolta nas redes sociais.