A Dona do Pedaço: Heroína batalhadora, amor à la ‘Romeu e Julieta’, filha traíra e muito drama familiar; vem ver a história da nova novela das 9

‘Ó o bolo, ó o bolo da Paz’! Maria da Paz Ramirez (Juliana Paes) é uma verdadeira heroína e as batalhas de sua vida prometem nos emocionar e alegrar em “A Dona do Pedaço”, nova novela das 21h da Globo. O folhetim de Walcyr Carrasco começa com a mocinha ainda menina aprendendo a fazer o bolo de sua avó Dulce (Fernanda Montenegro), mas esse é apenas o prólogo de uma grande história, que dará dois saltos.

O primeiro para o início do amor à la “Romeu e Julieta” da protagonista com Amadeu (Marcos Palmeira), membro da família de justiceiros rival à sua: os Matheus. Mesmo com a guerra entre os clãs, os dois propõe uma trégua na rixa que parece ser bem-sucedida até um tiro misterioso atingir o advogado no altar e tudo ir por água abaixo. Já a segunda fase se inicia 20 anos após essa tragédia. Vem entender tudo!

Com o casamento interrompido no altar, Maria da Paz será ameaçada pela família Matheus e precisará fugir da cidade fictícia de Rio Vermelho, no interior do Espírito Santo. Os parentes do noivo pensarão que ela e os Ramirez são os responsáveis pelo atentado e prometerão vingança.

Atentado contra Amadeu (Marcos Palmeira) no dia do casamento com Maria da Paz (Juliana Paes) alimentará a fúria da família Matheus, composta por Nilda (Jussara Freire), Miroel (Luiz Carlos Vasconcelos), Vicente (Álamo Facó) e Ticiana (Áurea Maranhão). (Foto: João Miguel Junior/TV Globo)

Então, incentivada pela mãe Evelina (Nívea Maria), a mocinha fugirá para São Paulo, onde recomeçará a sua vida acreditando que Amadeu está morto (Aliás, história parecida é contada para ele… de que a amada teria morrido). Primeiro, ela arrumará um trabalho como empregada doméstica na casa de Gladys (Nathalia Timberg), Lyris (Deborah Evelyn), Agno (Malvino Salvador) e Régis (Reynaldo Gianecchini). No entanto, logo perderá o emprego por estar grávida.

“’A Dona do Pedaço’ é uma novela que fala de coragem e esperança. Acredito que as pessoas podem subir na vida utilizando aquilo que já sabem, um dom, e a vontade de lutar e trabalhar. A novela fala da certeza de que todos podem encontrar seu lugar no mundo”, ressalta o autor Walcyr Carrasco.

Sem se abater diante da dificuldade, a heroína será incentivada por Eusébio (Marco Nanini) a vender o maravilhoso bolo que faz pelas ruas de São Paulo para sustentar sua filha Josiane (Agatha Moreira). Assim, fará sucesso e começará a prosperar no negócio com ajuda de Antero (Ary Fontoura), que se tornará consultor no futuro. Vinte anos depois, ela será a dona da rede de confeitarias “Bolos da Paz”. Apesar de bem-sucedida financeiramente, a empresária não esquecerá Amadeu (Marcos Palmeira) e o destino a surpreenderá ao reencontrar seu velho amor vivo. No entanto, o advogado estará casado com Gilda (Heloísa Jorge), com quem formou uma família.

A FILHA INGRATA

Todo amor de Maria Paz por Josiane, ou melhor a Jô (pois ela odeia o próprio nome), não serão capazes de matar o mal enraizado em seu coraçãozinho. A vilã tem um total desprezo pela mãe, mas na sua frente não deixa transparecer nada. O maior sonho da garota é se tornar uma digital influencer de sucesso, mas ela se sente frustrada por não ter um livre acesso ao dinheiro da mãe.

Depois de conhecer Régis, a jovem propõe ao playboy falido que seduza e se case com Maria, pois só assim terão meios para tirar dela toda a fortuna que almejam. Sem titubear, o bon vivant aceitará o trato, mas os planos do irmão de Lyris poderão mudar ao conhecer melhor a heroína…

IRMÃS SEPARADAS

Maria da Paz não será a única afetada pela tragédia do dia do casamento. Suas sobrinhas, Fabiana (Maria Clara Baldon/Nathalia Dill) e Virgínia (Duda Batista/ Paolla Oliveira) passarão por maus bocados. A primeira será raptada por Vicente (Álamo Facó) e criada num convento porque o sequestrador não terá coragem de matá-la. Em seguida, ele irá atrás de Zenaide (Manu Fernandes/ Maeve Jinkings) e Virgínia (Duda Batista/ Paolla Oliveira). Elas tentarão escapar, mas a segunda menina se perderá da mãe e terminará sendo adotada pelo casal Otávio (José de Abreu) e Beatriz (Natália do Vale).

Virgínia (Paolla Oliveira) e Fabiana (Nathalia Dill) foram separadas ainda na infância por conta da perseguição dos Matheus à sua família. (Foto: João Miguel Junior/TV Globo)

Após 20 anos, Virgínia se torna a maior digital influencer do país, mais conhecida como Vivi Guedes, e tem Kim (Monica Iozzi) como seu braço direito. Inclusive, a moça é a grande inspiração de Jô que quer seguir a mesma profissão, mas nem sonha com o laço de sangue que as unem.

Enquanto isso, Fabiana, ainda no convento, verá a irmã perdida na TV e só a reconhecerá por conta da outra estar usando o amuleto idêntico ao dela, que ganharam da bisavó Dulce. Decidida a reencontrar a parente, a moça se mudará para São Paulo. No entanto, seus sentimentos por Vivi são um misto de inveja e rancor. Eitaaaa!

GRANDE FAMÍLIA

Cornélia (Betty Faria) está sempre administrando a crise entre o filho Eusébio (Marco Nanini) e o marido Chico (Tonico Pereira) por conta do dinheiro da aposentadoria que recebe mensalmente. A briga é feia quando se trata de quem tem direito à sua “fortuna”. Na mesma casa, também vivem, Dorotéia (Rosi Campos), esposa de Eusébio, que é mãe de Rock (Allexandre Colman/ Caio Castro), Zé Hélio (Flávio Bisneto/ Bruno Bevan) e Rarisson (Theo Almeida/ Glamour Garcia). Este último, por sinal, passa algum tempo morando longe da família e quando volta conta que fez sua transição de gênero e agora se chama oficialmente Britney. Eles todos ocupam irregularmente, a casa vizinha à de Marlene (Suely Franco).

O grande sonho de Dorotéia é o sucesso do filho Rock como lutador, pois sabe que ele pode trazer mais dinheiro para casa. Além disso, a personagem acredita que, com sorte, o rapaz poderá virar um ídolo do esporte. Obs: O nome do herdeiro foi inspirado no icônico Rocky Balboa. Nome de campeão já tem, e podemos garantir que já ganhou o nosso coração! Estamos nocauteados!

CASAMENTO EM CRISE

Agno é um homem de sucesso, sócio na construtora Habitex e, por se sentir em dívida com a família da mulher, sustenta o cunhado Régis. Mas se tudo vai bem nos negócios, o mesmo não pode ser dito sobre seu casamento com Lyris. A esposa sempre reclama que o empresário só pensa no trabalho e que já não são mais o casal fogoso do passado. Incentivada pela mãe, Gladys (Nathalia Timberg), ela fará de tudo para recuperar o relacionamento. No entanto, Agno parece esconder um segredo… Como falamos anteriormente, pode ser que o personagem tenha uma relação no futuro com Rock…Vamos aguardar!

Já deu pra perceber que essa história tem um quilo de amor, duas xícaras e meia de intriga, uma colher de sopa de drama familiar e uma pitada (bem grande) de humor porque ninguém é de ferro, né?! A receita já foi batida e tá no forno prontinha para sair de lá no dia 20 de maio, na Globo. Com direção artística de Amora Mautner e texto de Walcyr Carrasco, “A Dona do Pedaço” tem todos os ingredientes para ser sucesso.