A Dona do Pedaço: Maldade sem limites! Josiane incendeia fábrica da própria mãe

Jesus Coroaaado! Depois de matar o mordomo Jardel (Duio Botta), para preservar a relação secreta com Régis (Reynaldo Gianecchini), Josiane (Agatha Moreira) colocará fogo na fábrica da mãe em “A Dona do Pedaço! De acordo com informações do “Observatório da TV”, o plano surgirá depois que a maléfica descobrir que Maria da Paz (Juliana Paes) anda precisando de empréstimos até para repôr o estoque de ingredientes do local.

A essa altura da trama de Walcyr Carrasco, a ingênua empresária terá gasto toda sua reserva com a decoração superfaturada por Josiane, de sua mansão e com a compra de uma importadora de vinhos para Régis. A jovem então colocará na cabeça que precisa levar a mãe bem perto da falência para que a boleira, na tentativa de fugir dos credores, passe a fábrica para o seu nome. “Se minha mãe tiver um grande prejuízo agora, não paga o empréstimo. E se não pagar, pra não perder a fábrica, cê dá a ideia dela botar a fábrica no meu nome”, vai propôr Josiane ao playboy.

Régis, no entanto, não gostará nada da ideia, alegando que isso poderia fazer com que a esposa perdesse a própria empresa. “Não perde. Ela vai fazer qualquer coisa pra não perder. E eu, como filha boazinha, deixo ela botar a fábrica no meu nome”, argumentará a jovem demoníaca. “Só não te interno num hospício, porque já caí nas suas ideias malucas muitas vezes. Só digo uma coisa, sua mãe não merece a filha que tem… Jô, esquece… já deu tudo tão certo, já tem a mansão no seu nome, eu tenho esse negócio aqui. Não é hora de parar?“, indagará o comparsa.

Rael será o aliado de Josiane em nova crueldade da vilã! (Foto: Reprodução / TV Globo)

Eu não vou parar. Já sei como faço pra minha mãe ficar de mãos atadas. E passar a fábrica pro meu nome! Cê vai me ajudar!“, prosseguirá ela, até Régis se recusar a participar de novas armações. “Então eu vou fazer tudo sozinha. Depois não reclama, porque tudo vai ser meu!“, sentenciará a vilã. Na sequência, irritada, Josiane procurará pela ajuda do primo Rael (Rafael Queiroz).

Eu não sou bobo, cê quer alguma coisa de mim. E não é coisa boa. Sabe que eu tentei atirar na sua mãe duas vezes, mas não tive sorte. Se fosse uma boa filha, cê nem falava comigo“, dirá o rapaz, antes de lhe explicar ter prometido a Amadeu (Marcos Palmeira), novo chefe dos Matheus, que não mataria nem machucaria Maria da Paz, rival da família. “E se eu… quiser fazer uma coisa que só prejudique minha mãe? Sem tiro?“, sugerirá ela. Rael então aceitará, dizendo que seu sangue Matheus estava falando mais alto.

Horas depois, no meio da madrugada, Josiane entregará uma das chaves reserva da fábrica para o primo, que entrará no local. No depósito, onde guardam os ingredientes, ele jogará gasolina e ateará fogo. Rael sairá às pressas para não ser preso pela polícia. Do lado de fora, será possível ver a fábrica tomada pelas chamas. Quanta crueldade!!! As cenas estão previstas para ir ao ar no capítulo do dia 10 de agosto.