TV / Séries

“Riverdale”: Cole Sprouse fala sobre como a série lidará com morte de Luke Perry: “Temos algo planejado”

Raphael Amador - Publicado em 12/03/2019 às 17:50
Compartilhe: Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Pinterest Compartilhar no Whatsapp Compartilhar no E-mail

Promovendo seu novo filme “A Cinco Passos de Você”, o muso Cole Sprouse participou nesta terça-feira (12) do programa “The View” e falou sobre a triste morte do colega de elenco em “Riverdale”, Luke Perry, que faleceu no dia 4 de março após sofrer um grave AVC. Durante a entrevista, o ator foi questionado sobre como a série lidaria com a morte de Perry, que interpretava Fred Andrews, o pai de Archie (KJ Apa).

Apesar de fazer mistério, Sprouse revelou que já há planos para lidar com essa fatalidade. “Eu não posso dar muitos spoilers sobre isso, mas nós temos algo planejado narrativamente. Mas nós dedicamos alguns dos episódios a ele“, contou o intérprete de Jughead.

E ele acrescentou: “Ele foi muito amado. O mundo inteiro está de luto por sua morte. Mas, ele era um daqueles caras que preferiria que todos nós ríssemos de suas grandes histórias do que ficássemos de luto por muito tempo. E eu tenho respeito pela privacidade de sua família“. Assista abaixo (a partir de 7:08):

Cole também já havia falado sobre o falecimento do ator em entrevista à People. Ele foi questionado sobre quais memórias de Perry manterá para sempre: “Há mil coisas. Todos nós somos… eu não acho que houve uma única coisa ruim que eu já ouvi falar sobre esse cara, verdadeiramente. Ele é tão amado. A Califórnia está chorando agora mesmo. Estávamos todos tão próximo a ele e todos nos importávamos tanto com ele. Ele tinha essa maneira de falar que era tão apaixonada, e ele falava bem aqui na sua cara. Ele chegava muito perto e imediatamente removia todas as suas barreiras, era esse jeito bonito de falar, e ele se agarrava a tópicos com tanta paixão. Estamos todos no processo de luto, mas ele parece mais o tipo de cara que gostaria que todos nós comemorássemos suas histórias engraçadas, em vez de ficarmos nos lamentando, e eu tenho um tremendo respeito por sua família, que pediu muita privacidade neste momento. Então, sim, nada além de respeito“.

Já no programa do James Corden, Sprouse afirmou que os amigos de elenco vêm tentando superar sua partida: “Estamos nos recuperando. Todos estamos seguindo nessa marcha”. Quanto à boa índole do artista, Cole reforçou que Luke jamais foi motivo de queixa para ninguém. “Ele era um daqueles caras que você nunca ouviu uma palavra ruim dita sobre ele em Hollywood. Mas por respeito à privacidade da sua família durante esse período, estou tentando tratar isso de forma sucinta”, adicionou o ator.

Enquanto isso, “Riverdale” fez – e continuará fazendo – homenagens a Luke. No primeiro episódio após o falecimento, na última quarta (6), uma carta “in memoriam” surgiu ao término da exibição. Pelo Twitter, o showrunner Roberto Aguirre-Sacasa anunciou que todos os outros episódios pelo resto da série seriam dedicados a Luke, compartilhando uma foto antiga do ator com o elenco e se referindo a ele como “nosso coração, sempre”.

Bom, só nos resta esperar para ver como a série lidará com o falecimento de Luke. Ele estava internado desde o dia 27 de fevereiro por conta de um grave AVC e faleceu no dia 4 de março aos 52 anos. Os médicos haviam sedado o ator na esperança de dar ao corpo dele uma chance de se recuperar do trauma do derrame. No entanto, o dano foi muito extenso e ele não aguentou.