Em vídeo completo, mulher que quebrou peça de arte de Romero Britto detalha como artista teria maltratado funcionários de seu restaurante; Após repercussão do caso, ela se pronuncia

Na última quinta-feira (13), o nome do artista plástico Romero Britto ficou entre os assuntos mais comentados das redes sociais, após o video de uma mulher quebrando uma de suas obras de arte durante um evento viralizar. O motivo para tal teria sido a postura rude do brasileiro com os funcionários do seu restaurante. Hoje (14), uma nova gravação caiu na web com mais detalhes do ocorrido, e o estabelecimento publicou um posicionamento a respeito da situação.

Na nova gravação que apareceu na internet, a mulher foi identificada como a proprietária do restaurante de comida espanhola “Olé Olé Taperia”, localizado em Miami. Momentos antes dela quebrar a obra de arte em mil pedacinhos, o contexto da história foi explicado para Romero Britto.

“Eu sou a dona do restaurante ‘Tapelia’, que fica em frente à sua loja. O meu marido veio e comprou esta obra de arte no meu aniversário, porque eu te tinha num pedestal e te admirava como artista. Eu o tinha como um homem respeitável, pensei, mas estava errada“, diz. O artista tenta se oferecer para assinar o coração de porcelana que está nas mãos da mulher, acreditando que ela estava tendo uma reação mais efusiva com seu trabalho. No entanto, a resposta dela é exatamente o contrário disso. “Não! Eu não preciso que você assine nada”, dispara.

A empresária então relata qual o motivo da sua fúria. “Você foi ao meu restaurante, fez uma reserva para vinte pessoas no café da manhã a US$ 8 (R$ 43), que é barato, e acima de tudo nos pediu um desconto. Ele humilhou minha equipe, pediu que parassem a música, pediu que não falassem. (…) Isso foi humilhante. Achei que você fosse uma pessoa honesta e respeitável, mas lhe falta humildade”, esbraveja, antes de jogar a peça de arte no chão na frente de todos.

“Eu exijo que você nunca vá ao meu restaurante, ou ofenda minha equipe! Nunca mais! Eu o respeitava como artista”, concluiu a empresária.

O perfil no Instagram do “Olé Olé Taperia” publicou o vídeo polêmico, e se manifestou a respeito do caso. “Alguns artistas perdem a humildade e são rejeitados por seus admiradores”, começa dizendo na gravação.

“Romero Britto, seu grande ego, personalidade e falta de educação tentaram humilhar a família Taperia Restaurante na cidade de Miami Beach. Este foi o resultado”, anuncia, antes de disponibilizar as imagens do confronto com a proprietária do estabelecimento. “Artistas desse estilo perdem credibilidade, respeito e admiração. Eles só ganham rejeição e repúdio por considerá-los pessoas ingratas“, finaliza o vídeo.

View this post on Instagram

Romero Britto

A post shared by Olé Olé And Tapelia (@oleoleandtapelia) on

A equipe do hugogloss.com procurou o artista Romero Britto para falar sobre o episódio, mas até o fechamento desta matéria, ele não havia dado um retorno. O restaurante “Olé Olé Taperia” também foi contatado e admitiu que não esperava toda essa repercussão, mas não tinha disponibilidade no momento para conversar mais detalhadamente a respeito do assunto.

Entenda o caso

A história ganhou grande repercussão graças a norte-americana Faye Pindell, que trabalha na galeria de arte onde tudo aconteceu. De acordo com seus relatos, publicados no Tik Tok, Romero estava em um tradicional meet&greet que faz no final de cada mês com pessoas que compraram os trabalhos de arte dele, quando a mulher apareceu. “A moça é gerente de um restaurante para o qual ele e alguns amigos foram. Aparentemente ele estava sendo desrespeitoso e rude com os garçons. Os funcionários falaram para a gerente e, no final do mês, ela decidiu levar sua própria porcelana que ela quebrou, e custa milhares de dólares, na cara dele”, descreveu Faye.

Ela ainda relatou trechos que não apareceram no vídeo, como a reação do próprio Britto, que teria negado o mau tratamento à equipe do restaurante. “Foi em frente a uma grande plateia, ele estava envergonhado. Ele não parecia saber como reagir e eu meio que me sinto mal por ele, o que é raro. Ele ficava dizendo que não havia tratado os funcionários com desrespeito”, explicou a tiktoker. Confira:

No vídeo em questão, a proprietária do restaurante aparece exaltada, gritando com o artista plástico dentro de sua loja, com um coração de porcelana, da coleção dele, na mão. Em um determinado momento, ela levanta a obra acima de sua cabeça e joga com força no chão, estraçalhando o item. De acordo com o site oficial do artista, a peça quebrada pode variar de US$ 360, o equivalente a quase R$ 2 mil, pela pequena, de 17 centímetros, a US$ 4,8 mil, cerca de R$ 26 mil, pela grande, de 58 centímetros. Assista: