Fotojet (14)

Ivan Moré revela que foi bloqueado por Casagrande, e aponta possíveis motivos: “Fica p*to”; assista

Bem, amigos… Parece que as coisas aqui estão um pouco conturbadas. Durante sua participação no “Link Podcast”, de Reinaldo Gottino, Ivan Moré revelou que não tem mais contato com Walter Casagrande, já que foi bloqueado pelo ex-jogador de futebol no Instagram. Ex-colegas na TV Globo, o apresentador afirmou que não sabe ao certo por qual motivo o comentarista optou por esse distanciamento online.

No bate-papo, Ivan fazia imitações de alguns colegas do ramo, a exemplo de Caio Ribeiro. Logo no início da imitação de Casagrande, o ex-apresentador do “Globo Esporte” contou que já não fala mais com o global. “O Casa não gosta de brincadeira. Por exemplo, ele está sem falar comigo, me bloqueou no Instagram. Motivo? Não sei. Provavelmente, porque conto que a nossa relação é leve, o imito, e ele não gosta. São perfis, e eu adoro ele. É louco, né? Adoro ele!”, lamentou Moré.

Gottino aproveitou e perguntou se o comunicador ficava chateado com a situação. “Não! Zero! Eu adoro o cara”, garantiu Ivan, acrescentando em seguida que gostaria de ter uma oportunidade para os dois conversarem. “Mas assim, se ele não quer trocar ideia comigo neste momento, não me responde, não me deu motivo. Éramos muito juntos, muito colados. Só lamento isso, adoro ele, de coração”, reforçou.

Continua depois da Publicidade

O apresentador do podcast ainda cogitou que talvez alguém tenha inventado algo sobre Ivan e falado para Casagrande. “Ele é radical pra caramba. Não sei se contaram ou inventaram algo. Esse tipo de preocupação não tenho. Gosto dele, sei que ele é uma pessoa de temperamento forte, radical com as opiniões dele. Ele muda muito de opinião, só isso. Eu tenho na memória momentos maravilhosos que vivi com o Casa, ele é um comédia, mas é bravo. Sabe que eu imito ele e fica puto”, respondeu. Ivan Moré ainda fez uma rápida imitação do comentarista, e finalizou: “Sempre tirei sarro dele e, às vezes, ele se incomodava. Vida que segue! Se existe um problema, está com ele, não comigo. Adoro ele!”.