Além da doença do pai: TMZ revela o motivo de Britney Spears ter sido internada em clínica psiquiátrica

De acordo com o TMZ, Britney Spears está no final de sua estadia de 30 dias em uma clínica psiquiátrica — e agora, o veículo descobriu mais detalhes sobre o motivo da princesa do pop ter ido parar lá, em primeiro lugar. Como já foi dito antes, a cantora teve muitos problemas para lidar com a doença do pai; além dos dois serem muito próximos, Jamie Spears é o tutor legal de Britney há aproximadamente 12 anos. A saúde debilitada do pai deixou a dona de “Make Me” bastante abalada.

Ao mesmo tempo que Britney enfrentava essa situação, os médicos da cantora estavam ajustando os medicamentos dela, que tinham perdido a eficácia. Os problemas de saúde mental da artista foram estabilizados com um coquetel desenvolvido especialmente para ela. Com o tempo, esses medicamentos se tornaram cada vez mais ineficazes e os médicos precisaram criar um novo coquetel.

Segundo o site, houve problemas na mudança de medicamentos. Primeiro, os médicos precisavam tirar Britney dos remédios que ela estava tomando — algo que não pode ser feito rapidamente, pois há risco de suicídio se não for feito da maneira correta. Durante o processo, eles criaram um novo coquetel, que deixou Britney instável, inicialmente, e a partir daí, não disposta a cooperar com os médicos. Assim, ela foi internada em uma clínica psiquiátrica. De acordo com os relatos ao TMZ, os médicos acham que finalmente encontraram a mistura certa de remédios.

Britney Spears em outubro do ano passado, durante anúncio de sua residência em Las Vegas. (Foto: Ethan Miller/Getty Images)

No domingo (21), Britney ganhou um dia fora da clínica para comemorar o feriado de Páscoa, que passou ao lado do namorado, Sam Asghari, em um hotel em Beverly Hills. Ela voltou para a clínica no mesmo dia. O TMZ também garante que, ao contrário do que os fãs pensam, o pai de Britney não a forçou a tomar remédios contra sua vontade. O site revelou que a tutela à qual a artista está submetida não permite ao guardião legal forçar remédios à pessoa que está sob sua responsabilidade. Também não é verdade que Britney foi para a clínica contra a própria vontade — isto é outra coisa que a tutela não permite.

Além disso, é relatado que Jamie Spears não queria que a filha fosse internada — ele tinha medo que a notícia vazasse na mídia, e achava que havia maneiras melhores de resolver o problema. Foi Britney que optou por ser internada.

Entenda o caso

Britney se internou em um hospital psiquiátrico no início deste mês, depois de se sentir desestruturada mentalmente com a piora do estado de saúde de seu pai, Jamie Spears, que teve o cólon rompido no final do ano passado. Na época, a diva pop tomou a decisão de cancelar sua residência em Las Vegas. Mais tarde, ela resolveu ir para a clínica psiquiátrica por conta do abalo emocional. Você pode conferir as fotos de Britney saindo da clínica durante o feriado de Páscoa, clicando aqui.

O pai de Britney tem controle sobre a carreira da cantora desde 2008, época em que ela também passou por problemas de saúde mental. Ele se tornou o único responsável por Britney, após o advogado Andrew Wallet se demitir em março. Jamie tem o poder de agir como o guardião legal da artista, tomando decisões que vão desde suas finanças até sua vida pessoal – como, por exemplo, se ela pode se casar ou não.

View this post on Instagram

We all need to take time for a little "me time." :)

A post shared by Britney Spears (@britneyspears) on

Lynne Spears, mãe de Britney, que se divorciou em 2002 de Jamie, colocou mais lenha na fogueira ao curtir comentários no Instagram de fãs que acreditam que a cantora está sendo mantida na clínica contra sua vontade. Um dos comentários curtidos dizia: “Eu realmente espero que você esteja apoiando a Britney na tentativa de acabar com a tutela. Eu realmente espero que seu ex-marido doente não esteja mantendo sua filha em algum lugar contra a vontade dela”.

Nesta segunda-feira (22), fãs de Britney Spears se posicionaram nas ruas do lado de fora da Prefeitura de West Hollywood com placas com o pedido “Free Britney“. O Entertainment Tonight esteve no local da manifestação e conversou com alguns admiradores de Britney, que expressaram o desejo de acabar com a tutela da diva pelo seu pai, Jamie Spears.