Angélica revela apelido – bem comum – que se recusa a usar com Luciano Huck e explica motivo curioso: “Até hoje tenho trauma”; assista!

A gente ama um casal! Neste sábado (04), Angélica revelou no “Altas Horas” o apelido – bem comum – que ela não usa de jeito nenhum com Luciano Huck. Ainda na conversa pra lá de descontraída, a apresentadora aproveitou para contar o motivo bem curioso e divertido para isso.

“Nunca chamei o Luciano de Lu”, iniciou a bela. “Ele foi muito namorador e todas [as ex-namoradas] chamavam ele de ‘Lu’… Então, eu chamava elas de ‘as amigas do Lu’”, recordou Angel, que teve seu relato confirmado por Preta Gil, amiga de longa data do casal. “Eu não queria ser uma ‘amiga do Lu’. Até hoje tenho trauma. Não consigo chamá-lo assim”, explicou.

Nada de “Lu”! Para Angélica, o apelido de Luciano Huck é ‘Pipo’, ou ‘Billy’! Kkk (Fotos: Reprodução/Instagram)

Fugindo do óbvio, a estrela tem várias opções para chamar o maridão. “São coisas loucas, muito loucas. Chamo de ‘Amor’, ele me chama de Xão [que vem de paixão]. Chamo de ‘Pipo’, nada a ver, né? Ai, acho que não devo [falar]… Billy”, expôs Angélica, após muito relutar em abrir sua intimidade. Será que esses outros têm um significado especial? Kkk Assista ao momento aqui:

A mãe de Joaquim, Benício e Eva também confirmou que volta à TV em 2020 num novo projeto: “Este ano eu tô de volta… Mas está sendo muito legal. Até mesmo a criação do programa novo, do projeto. Tive tempo pra pensar e o programa vai ter essa minha fase atual bem escancarada, de reflexões, de vida, de momentos. Até criar o programa, que foi uma coisa que nunca tive tempo de parar e fazer, tá sendo muito legal, tá sendo muito rico”. 

Angélica se divertiu muito ao recordar o início de seu namoro com Luciano e falar sobre novos desafios da carreira. (Foto: Reprodução/TV Globo)

Desde abril de 2018, com o fim do “Estrelas”, Angélica tem aproveitado sua primeira pausa após quatro décadas de carreira. “Passou muito rápido pra mim. Eu nunca não trabalhei, nunca parei desde os 4 anos de idade. Com 44 [anos] dei essa pausa, que foi muito rica, muito interessante como experiência de vida. E ajudou a entender muita coisa, já que eu eu comecei tão pequena”, relatou.

Agora, ela pretende reunir todas essas reflexões para sua nova empreitada. “Quero levar todos esses ensinamentos que tive nestes anos, quero levar junto, porque acho que é importante. Eu aproveitei muito, e tenho aproveitado muito. Inclusive a minha família”, adicionou.

Volta, Angélica! Já estamos loucos pra te encontrar novamente nas telinhas… Para assistir a todos os trechinhos da conversa, clique aqui e aqui.