Atriz Leah Remini afirma que Tom Cruise tem “grande plano” para afastar Suri Cruise de Katie Holmes e levar filha para Cientologia: “Não é uma boa pessoa”

Gente, como assim?! Em entrevista para o New York Post nesta quarta-feira (12), a atriz e comediante Leah Remini alegou que Tom Cruise teria um plano para recrutar sua filha Suri, de 14 anos, para a Cientologia e afastá-la da mãe, Katie Holmes. A artista, que fez parte da religião por muito tempo e atualmente se tornou uma crítica ferrenha das práticas, falou sobre sua teoria para o jornal e relembrou da sua relação com o astro e a ex-esposa.

“A Cientologia considera Katie uma pessoa supressora, uma inimiga e, portanto, Tom acredita, assim como todos os cientologistas, que ele não pode estar conectado a Suri”, lembrou Leah. Especula-se que o ator não vê a filha desde os sete anos de idade dela. A última vez que eles foram fotografados juntos foi em 2013. “Tenho certeza de que seu grande plano é esperar até que Suri fique mais velha para que ele possa atraí-la para a Cientologia e longe de sua mãe”, suspeitou a comediante.

Remini ainda detalhou sua percepção a respeito do ex-casal quando eles frequentavam os mesmos templos, e afirmou que ficou surpresa com a decisão de Katie em se divorciar. “Eu a conheci quando ela estava na Cientologia e ela parecia muito doutrinada no mundo de Tom. Mas com o passar do tempo, eu entendi por que ela fez o que fez para proteger a filha… Só estou presumindo que existe algum tipo de acordo para proteger a filha”, alegou.

Suri Cruise e a mãe Katie Holmes sempre aparecem juntas nos cliques dos paparazzi em Nova Iorque. (Foto: Skyler2018 / BACKGRID)

Ao dizer que a decisão de Holmes foi acertada para proteger Suri de algo “tóxico e perigoso”, ela disparou diversas críticas contra Tom Cruise. “Ele não é uma boa pessoa e continua sentado vendo as vidas das pessoas serem destruídas, incluindo o desaparecimento da esposa de seu melhor amigo, Shelly Miscavige, que não foi vista em público em 15 anos”, falou.

Leah Remini, que foi criada na Cientologia desde os 9 anos de idade, refere-se à esposa de um dos líderes da igreja, David Miscavige. O The Post chegou a relatar que o “desaparecimento social” da mulher estava ligado à religião, e que Shelly teria sido “banida”. A igreja já contestou essa história e afirmou que ela está viva e bem.

Leah Remini entrou para a Cientologia aos 9 anos de idade e abandonou a prática em 2013. Foto: Getty

O Daily Mail contatou os representantes de Tom Cruise para que ele comentasse sobre a entrevista, mas não tiveram nenhum retorno. Vale lembrar que não há qualquer registro na mídia do ator falando sobre sua vontade de levar Suri Cruise para a Cientologia ou associando a menina à igreja. O astro mantém uma relação muito próxima com seus outros dois filhos, Isabella, de 27 anos, e Connor, de 25, que fazem parte da religião.

Em entrevista para a revista Australia’s Who, em 2018, a mãe dos jovens, a atriz Nicole Kidman, falou como ela lida com os herdeiros e a religião que eles escolheram. “Eles são capazes de tomar suas próprias decisões. Eles escolheram ser cientologistas e, como mãe, é meu trabalho amá-los. E eu sou um exemplo dessa tolerância, e é nisso que acredito — que não importa o que seu filho faça, ele tem amor e precisa saber que existe esse amor disponível e estou aberta aqui”, avaliou.

Tom Cruise é seguidor fiel da Cientologia há muitos anos. Desde 2013 ele não é visto com a filha caçula Suri. Foto: Getty

Mas, afinal de contas, o que é a Cientologia? A prática foi criada na Califórnia, nos Estados Unidos, em meados dos anos 1950 pelo escritor de livros de ficção científica L. Ron Hubbard. No país, a prática é encarada como uma religião, mas na França, por exemplo, ainda carrega o status de seita. O principal propósito dos seus praticantes é viver em uma sociedade sem guerra e crimes, onde o ser humano poderá prosperar e alcançar o ápice da sua natureza espiritual. Os cientologistas dedicam-se principalmente aos estudos sobre a mente humana.

Até então, nada demais, né?! No entanto, a igreja é repleta de mistérios sobre seu funcionamento interno e já esteve envolvida em diversos escândalos ligados aos seus seguidores, geralmente grandes celebridades e políticos. O documentário “Going Clear: Scientology and the Prison of Belief (Esclarecendo: Cientologia e a Prisão de Crença)” conversou com ex-seguidores da religião, e relatou abusos psicológicos e físicos, exploração financeira e ameaças contra quem deseja deixar a igreja.