Nija Charles Melody

Compositora de hit de Ariana Grande desmente Melody, e fala sobre divisão de lucros: “Nunca conversei com ela”

Nija Charles, uma das autoras de “Positions”, revelou como está lidando com a situação e explicou o que a equipe da brasileira terá de fazer

A novela envolvendo Melody e a canção “Assalto Perigoso” ganhou mais um capítulo nesta terça-feira (19). Após descobrir que a música foi criada com base no hit “Positions”, de Ariana Grande, a compositora Nija Charles voltou a falar sobre o assunto. A artista explicou que, de fato, nunca conversou com a adolescente, e que a brasileira terá de dar os créditos, bem como dividir os lucros de seu grande sucesso.

Na manhã de hoje, em uma série de vídeos, Melody já havia comentado os últimos desdobramentos da polêmica. “Todo mundo saiu atacando, falando: ‘Vão processar a Melody, a compositora vai processar’. Já saíram atacando sem pesquisar, nem nada”, iniciou ela. “Ela [Nija Charles] só queria os créditos e eu já dei os créditos pra ela”, continuou a jovem. “Pelo amor de Deus, não ataquem antes de pesquisar“, completou ela aos internautas. Melody ainda alegou que Nija teria sido “fofa” com ela.

No entanto, não demorou até que as falas chegassem até a própria Nija. A renomada compositora deixou claro: “Se a tradução está correta, eu nunca conversei com a Melody antes”. Ela ressaltou que a brasileira teria de respeitar os direitos autorais dos compositores de “Positions”. “Ela tem que dar crédito aos compositores e dividir o dinheiro que ela conseguiu com a música. Coisas assim acontecem o tempo todo, mas você tem que deixar claro”, escreveu.

Continua depois da Publicidade

Nija explicou que caso a música fosse apenas um cover amador ou algo do tipo, seria mais aceitável. Porém, por se tratar de um lançamento divulgado até nas plataformas de streaming, o cenário é diferente. “Bom, não, eu nunca conversei com ela antes. É OK fazer cover de músicas tipo no YouTube e no SoundCloud, mas quando você as coloca em lojas online ou serviços de streaming [digital service providers, em inglês], você tem que deixar isso claro, daí dar os créditos e dividir o lucro. Talvez ela não soubesse?”, escreveu a compositora.

Em meio ao bafafá, a estadunidense saiu em defesa de Melody contra os ataques disparados à jovem, ressaltando que o único problema a ser resolvido era essa questão dos direitos da canção. “Eu não estou brava com a Melody, e uma menor não deveria ser atacada no Twitter. Eu estava apenas deixando claro que os negócios com a música ainda não estavam certos, mas eu tenho certeza que serão resolvidos. A música foi muito bem, parabéns!”, declarou.

Continua depois da Publicidade

Em outras publicações, Nija comentou que o certo a se fazer em casos como “Assalto Perigoso” é adicionar a autoria dos compositores da música usada como sample, ou como base. “Quando se faz um sample ou uma música é interpolada, você precisa incluir os compositores originais nos créditos e lucros. 40 milhões de reproduções é muito, eu tenho certeza que ela não sabia”, disse a compositora. Quando internautas alertaram que a artista realmente deveria ir atrás dos seus direitos, Charles escreveu: “Minha equipe está ciente, os negócios serão resolvidos. Vamos garantir que veremos os lucros/créditos”.

Continua depois da Publicidade

Por fim, Nija Charles ainda mandou um recadinho: “E eu mal posso esperar para vocês ouvirem o próximo single da Anitta”. No final de semana, durante uma live, Anitta revelou que Nija é uma das compositoras de seu próximo lançamento, no qual a brasileira fará um feat com ninguém menos que Missy Elliott. Uau! Vem muito aí, hein?

E o que levou à confusão?

A história começou no sábado (16), quando Anitta publicou uma série de tuítes falando sobre sua posição política. Em um deles, ela citou a cantora Melody para exemplificar seu ponto de vista. A “Girl From Rio” disse que a jovem de 15 anos tem conseguido se manter relevante na mídia criando brigas e polêmicas. “Isso se chama fale bem ou fale mal, mas fale de mim”, comentou, em alusão à música da artista mirim, ‘Fale de mim’. “Não vê a Melody? Vocês só falam mal dela, nada que ela faz é de fato sério e profissional. Mas ela consegue um ótimo engajamento e se mantém no mercado por criar tretas”, escreveu no Twitter. Confira: 

Pouco depois, Melody rebateu Anitta em uma série de stories no Instagram. “A Anitta está falando aí que eu não paro de arrumar briga com ela. Mas quem é que está falando do meu nome? Quem tá falando de mim é ela. Quem não tira meu nome da boca é ela”, reclamou. “Onde ela vai, fala de mim. Em podcasts, na televisão, no Twitter. Depois, eu que fico arrumando picuinha com ela. Ela fala de mim, eu respondo e depois as pessoas acham que sou eu que faço a briga. Engraçado”, continuou a cantora mais nova.

“Eu nunca falo mal dela e ela falou que o meu trabalho não era profissional. Como assim? Quem é que está no Top 1 Brasil agora? Ela estava no Top 1 Global, mas cadê a música dela? Saiu do mapa. Aquilo ali era muito dinheiro investido”, disparou Melody, em referência ao hit ‘Envolver’. “O meu trabalho não tem isso de adicionar dinheiro. É tudo natural”, acrescentou a artista.

Continua depois da Publicidade

“Se não fosse profissional, não estaria em primeiro lugar, né, amiga? Dá licença. Me desculpa de verdade, mas isso é muito chato”, lamentou. Na sequência, a jovem tratou de mandar um recado para Anitta. “Mulher, em vez de você ficar falando que eu não sou profissional, pega a minha música como exemplo, faça uma música melhor que a minha e bata o Top 1 assim como eu. Beijão para tu, e paz e amor”, finalizou. Assista: 

E não parou por aí! Algumas horas depois do recado de Melody, Anitta utilizou o Twitter para dar sua tréplica na treta, quando citou os compositores de “Positions”. “Eu conheço os compositores da música que tu bateu Top 1, mana. Acho que você não conhece eles, não, por que a música é da Ariana Grande, no caso, né…”, rebateu a artista, se referindo à ‘Assalto Perigoso’, versão de Melody para o hit da norte-americana. “Mas fica tranquila que eu não mostrei para eles, se não… Agora faz um falsete cantando o nome do Lula só de ‘brinks’, que aí tu vira notícia”, ironizou a carioca. Espia só:

 

O problema é que Anitta não precisou nem expor a música para os criadores. Após a intensa movimentação sobre essa discussão — que chegou aos assuntos mais comentados do Twitter no domingo (17) —, Nija foi informada da confusão. “Oi, Republic Records (gravadora de Ariana Grande), essa música (“Assalto Perigoso”) é um plágio de “Positions” e está lucrando [com o “plágio”]. Os streams já somam 40 milhões sem dar os devidos créditos ao artista”, escreveu um fã-clube de Anitta para a gravadora, no Twitter.

Continua depois da Publicidade

Em menos de duas horas, Charles viu a publicação e demonstrou estranheza com a história. “Pera aí”, respondeu o tuíte, adicionando um emoji de investigação no post. Segundo Melody, no entanto, a situação com a compositora já foi resolvida.

Tweet
Compositora de “Positions” descobre da versão não autorizada da música. (Foto: Reprodução)