Em livro, Demi Moore revela detalhes sobre overdose que sofreu em 2012 e experiência de quase morte: “Flutuei para fora do corpo”

A biografia da atriz Demi Moore ainda nem chegou nas estantes das livrarias, mas a obra já está dando o que falar. De acordo com o Radar Online, que teve acesso ao livro em primeira mão, a estrela dá detalhes dos seus altos e baixos na vida. Em um dos momentos mais tensos, a artista relata a overdose que sofreu em em 2012, depois do uso excessivo de drogas.

No livro “Inside Out”, Demi conta que o incidente foi o fundo do poço de sua vida e que ela quase morreu. Na época, ela já havia perdido muito peso, e sofria a dor de ter descoberto a traição do ex-marido, Ashton Kutcher, com uma jovem de 22 anos. Durante uma festa acompanhada da filha Rumer, que tinha 23 anos, a atriz perdeu a mão no uso das drogas. “Fiz o que as outras pessoas estavam fazendo: inalei uma quantidade de óxido nitroso e, quando fez efeito, me afundei no sofá da minha sala de estar, e tomei uma baforada de uma maconha sintética (chamada Diablo, apropriadamente)”, relata.

Demi Moore deu detalhes inclusive do momento em que teve a convulsão. “A próxima coisa que me lembro, tudo ficou embaçado e eu pude me ver de cima. Eu estava flutuando para fora do meu corpo em cores intensas, e parecia que talvez essa fosse minha chance: eu poderia deixar para trás a dor e a vergonha da minha vida”, contou. Os convidados chamaram uma ambulância, e Rumer teria ficado completamente apavorada ao ver a situação da mãe.

A estrela do filme “Striptease” pagou um preço alto pelo seu vício. Depois do episódio, tanto seus filhos como o ex-marido Bruce Willis se afastaram dela e ficaram um bom tempo sem dirigir uma palavra para a atriz. As coisas só melhoraram depois que ela se internou em uma clínica de reabilitação.

O livro também conta tudo sobre seu casamento com Ashton Kutcher, que era 15 anos mais novo que ela. Segundo Demi, o ator seria um dos principais responsáveis pelo fim de sua sobriedade em relação ao álcool, que durou 20 anos. Por muito tempo, o casal viveu um conto de fadas, mas as coisas desandaram quando Moore perdeu o bebê que esperava no sexto mês de gestação. Daí em diante, as coisas ficaram ainda mais complicadas.

Ashton começou a gravar um filme chamado “Jogando Com o Prazer”, ao lado da atriz Jennifer Jason Leigh. O longa, do qual o ator era protagonista, tinha muitas cenas de sexo. De acordo com Demi, Ashton lhe disse que Leigh não se sentia confortável com a presença dela no set. No entanto, depois, a artista descobriu que Leigh não tinha problema nenhum com Demi ir às gravações do filme. Mais tarde, Leigh acabou desistindo da produção.

Demi Moore e Ashton Kutcher foram casados por seis anos. Foto: Getty

“A questão principal é que [Leigh] não estava preocupada com a minha presença no set, ele estava. Ele não foi honesto”, escreveu a artista. Após essa situação, quando Ashton pediu que a esposa fizesse sexo a três, ela concordou “pelos motivos errados”. “Eu queria mostrar a ele o quão incrível e divertida eu podia ser”, afirmou. No entanto, Demi se arrependeu da escolha mais tarde, dizendo que foi um “erro”.

Enquanto trabalhava em Nova York para o filme “Bastidores De Um Casamento”, em 2010, Demi viu na mídia notícias de que seu marido a traíra com uma mulher de 21 anos no lar do casal, enquanto ela estava fora de casa. Ashton conheceu a menina enquanto jogava boliche com a filha mais nova de Demi, Rumer. De acordo com a estrela, isso foi um “verdadeiro f***-se” em cima da infidelidade.