Cid Moreira Fatima

Filhos de Cid Moreira pedem interdição do pai e prisão de madrasta, após série de acusações contra ela; saiba detalhes

Nesta terça-feira (20), filhos do jornalista Cid Moreira entraram com um pedido de interdição do pai, no Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro. Recentemente, Rodrigo Radenzev Simões Moreira e Roger Moreira denunciaram um abandono afetivo e “deserção” por parte do pai. Agora, eles acusam a madrasta, Fátima Sampaio, de transferir os bens do jornalista para seu nome. Um inquérito foi aberto e eles também pediram pela prisão provisória dela.

De acordo com o Notícias da TV, que teve acesso aos autos do processo, Roger e Rodrigo alegam que o pai é uma “pessoa idosa, senil e tem problemas psiquiátricos ocasionados pela idade”. Fátima também é citada, acusada “depenar totalmente o idoso, em puro estelionato senil, apropriação indébita e formação de quadrilha”.

Continua depois da Publicidade

Acusações de estelionato e maus-tratos

Os irmãos ressaltam que o ex-âncora do “Jornal Nacional” se casou com o regime de separação total de bens, mas que, ainda assim, “[Fátima] vem se aproveitando da sua senilidade, de seus problemas de saúde, da própria idade, para se apropriar de tudo”. “Ela se apropriou de seus salários, ganhos, direitos autorais, e não se tem notícia o que fez, mas sabe-se que com o idoso não está mais. Começou, então, a forçar a separação do pai para com os filhos com o argumento que um deles era gay e o convenceu a deserdar o filho”, acusam.

Assets Fotos 201 Fatima Bernardes Lulu Santos E Cid Moreira Celebram O Dia Dos Namorados No Altas Horas D8c4b88aa4d2
Rodrigo e Roger, filhos de Cid Moreira, alegam que a esposa do pai estaria se aproveitando dele. (Foto: Divulgação/TV Globo)

Para os herdeiros de Moreira, a madrasta estaria “subtraindo tudo o que o idoso recebe, e transferindo tudo o que pode para parentes”, ou seja, passando tudo do marido para seus próprios familiares. “Com a ajuda de parentes e amigos, começou a vender para os mesmos, imóveis do idoso vulnerável por preço vil, e os mesmos vendiam pelo preço real”, incriminaram os irmãos. Rodrigo e Roger afirmam até mesmo que o pai teria sofrido maus-tratos, sendo tratado “como se fosse uma criança levada”. Eles alegam que comida estragada é oferecida ao jornalista, que há falta de medicação e que o veterano é tratado aos berros.

Continua depois da Publicidade

Pedidos à Justiça

Levando esses fatores em conta, os irmãos Moreira pedem que os bens de Fátima sejam bloqueados. A defesa dos herdeiros espera que a Justiça analise todas as posses de Cid e avalie tudo o que foi vendido ao longo do casamento. Para averiguar as suspeitas do caso, há até mesmo um pedido à TV Globo, solicitando que a emissora informe todos os pagamentos ao jornalista.

A solicitação também inclui um pedido de uma prisão provisória de Fátima, para permitir que o processo siga sem interferências. “Diante da gravidade dos fatos e da tentativa da querelada em tentar mudar provas, contatar testemunhas, que seja decretada a prisão provisória da mesma por 30 dias, prorrogando-se até que tudo seja apurado ou surja uma preventiva”, pede o texto.

Filho desabafa sobre madrasta

Na semana passada, Roger Moreira surpreendeu a todos ao revelar que foi “deserdado” pelo pai. Agora, em entrevista ao NTV, ele apontou Fátima como responsável por muitas atitudes do idoso, de 93 anos. Para o filho adotivo do locutor, é por influência da madrasta que seu pai se distanciou. “Acho que ela está prendendo e o alienando de alguma forma, querendo botar ele cada vez mais contra a gente. Na realidade, tudo que está acontecendo é exclusivamente por conta da Fátima”, opinou.

Cid Moreira Rodrigo Roger
Rodrigo e Roger se conheceram com a repercussão de suas histórias, e agora se uniram no processo contra a esposa de Cid Moreira. (Fotos: Reprodução/Record TV)

Ele uniu-se a Rodrigo após participarem do quadro “A Hora da Venenosa”, visto que, até então, não se conheciam. Ambos garantem que o objetivo é simplesmente poder se reaproximar do pai. “Não estou preocupado com dinheiro. Estamos preocupados porque poderíamos estar vivendo com ele. Nosso pai vai morrer, e não vivemos com ele. Vamos ficar com esses traumas, essa criação, que, de repente, poderia ter sido solucionada. É essa questão que a gente queria que o pessoal entendesse”, disse Roger.

Continua depois da Publicidade

Advogado prevê longa batalha judicial

Diante dessa situação, os irmãos contrataram o advogado Angelo Carbone, que os representará a partir de agora, e lutará para que se saiba qual a real situação psicólogica e financeira de Cid. “Temos muito respeito pelo pai dele. Cid Moreira é um homem que trabalhou a vida inteira em prol dos outros. Ele tem cultos religiosos maravilhosos. A gente quer que, no final da vida dele, se mantenha íntegro seu patrimônio, seus direitos e a vontade de viver”, defendeu o especialista em direito penal e civil.

Carbone também mencionou que esse deve ser só o início de uma longa batalha judicial, na qual dizem buscar o bem-estar do ex-apresentador do telejornal da TV Globo. “Não é pelo fato de ter problema de idade, que podem se aproveitar dos bens dele. Estou bloqueando todos os bens e pedindo justiça à Justiça”, concluiu o advogado em um vídeo. Assista:

Procurada pelo Notícias da TV, a equipe de Cid Moreira afirmou que ele e Fátima não se pronunciariam sobre o caso. “Falei há pouco com o Cid e, neste momento, não temos o que dizer sobre o assunto. Não recebemos nenhum comunicado da Justiça”, mencionou a assessoria do jornalista.