Billie Eilish revela que pensou em suicidar em hotel em 2018 e se emociona ao falar o que a impediu: ‘Não achei que fosse chegar aos 17’

A gente realmente nunca sabe o que acontece com um artista nos bastidores. Em entrevista ao programa “CBS This Morning”, gravada no final do ano passado e exibida nesta quinta-feira (23), Billie Eilish se abriu sobre sua saúde mental e revelou que já considerou o suicídio.

A cantora, de 18 anos, contou que a sua vida deu uma virada quando ela se tornou famosa, em 2018, aos 16 anos, e que ela não estava pronta para lidar com o impacto. “Eu estava tão infeliz no ano passado. Tão infeliz. E eu não tinha alegria, sabe?”, explicou para a apresentadora Gayle King.

De acordo com a artista foi uma mistura de tudo: a fama escalou muito rápido. Ela não podia mais sair em público sem ser reconhecida e a maioria de seus amigos – incapaz de entender seu status de super estrela – se afastou. Sozinha e isolada, Billie entrou em depressão.

Eu não quero soar sombria, mas eu genuinamente achei que não chegaria aos 17 anos“, revelou ela, sincera. “Você achou que faria alguma coisa a si mesma?”, questionou a repórter.

Billie relembrou a vez em que cogitou suicídio (Foto: Reprodução/CBS)

“Sim”, afirmou Eilish. “Eu me lembro desse dia em Berlim em que eu estava sozinha no hotel. Eu lembro que havia uma janela no quarto… e eu lembro de chorar porque eu estava pensando que a forma como eu iria morrer… ia ser por conta de algo que eu mesma iria fazer”, completou, emocionada.

Gayle King então questionou a cantora sobre o verso “eu quero acabar comigo” da música “Bury a Friend”. “Quando eu escutei isso eu pensei: ‘Meu Deus, será que a Billie está cantando sobre ela mesma?'”, ponderou a entrevistadora.

“Eu estava”, confirmou ela. “E também rimava”, acrescentou, brincando com a situação. Em seguida, Billie revelou o motivo pelo qual não chegou a tentar se matar. “Minha mãe”, pontuou ela, com lágrimas nos olhos.

Por sorte, Billie é muito próxima da família (Foto: Reprodução/CBS)

Maggie Baird, que sempre viaja com a filha, percebeu que algo não estava certo e mudou a rotina de Eilish. “Nós checávamos com ela o tempo todo se ainda queria fazer isso. Mas ela amava os shows. Os fãs e os shows, foi o que a fez continuar”, contou a mãe.

E os fãs realmente são muito importantes para a artista. Na entrevista, ela revelou que, se percebe que algo está errado com algum dos jovens que encontra, faz questão de passar uma mensagem positiva.

“Eu apenas pego eles pelos ombros e fico tipo: ‘Por favor, cuide bem de si mesmo e seja gentil e com você mesmo. Não dê aquele passo extra e se machuque mais”, explicou Billie.

A reportagem revelou que com muita paciência, terapia e apoio familiar, Eilish conseguiu se recuperar. “Você chegou aos 17”, pontuou a apresentadora. “Cheguei. E estou prestes a fazer 18”, disse a menina sorrindo. Ela completou 18 anos em dezembro.

Que bom que ela conseguiu se recuperar, né? Clique aqui para assistir ao vídeo da entrevista.

IMPORTANTE: Depressão é um assunto super sério e pode atingir qualquer pessoa. Se você ou alguém que você conhece está passando por dificuldades emocionais ou considerando o suicídio, ligue para o ‘Centro de Valorização da Vida’ pelo número 188. O CVV realiza apoio emocional, atendendo voluntária e gratuitamente todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo por telefone, email e chat 24 horas todos os dias. Para mais informações, clique aqui.