Cara Delevingne fala sobre sua sexualidade e revela como foi o início do namoro com Ashley Benson: “Não estávamos à procura”

Está aí uma das mulheres que a gente admira! Na capa da edição “Obsession” de setembro da Marie Claire, Cara Delevingne abriu seu coração sobre vários assuntos que cercam sua vida. Além de mencionar o início do namoro com Ashley Benson, a modelo ativou o modo sincerona, falando sobre sua relação com a questão dos gêneros, da sexualidade e também de seu trabalho.

Recordando quando ela e Benson se conheceram, nas filmagens de “Her Smell”, Cara revelou que nenhuma delas imaginava que chegariam onde estão atualmente: “Não estávamos à procura disso”. De qualquer forma, tudo se deu normalmente, como em qualquer relação. “Foi realmente bastante autêntico e natural”, declarou a musa.

Em outro dos momentos, Delevingne lembrou de quando ela e a namorada foram vistas carregando um brinquedo erótico, há alguns meses. Segundo ela, toda essa repercussão “definitivamente não foi de propósito”. Ainda assim, ela se orgulha de se sentir confortável quanto à sexualidade. “Eu não estou falando apenas de sexo por sexo. Estou falando sobre experiências, se é abuso ou confusão, se é positivo ou negativo”, comentou.

Sempre conhecida por ser uma grande militante da causa LGBTQ+, Cara abordou também sua opinião sobre os estereótipos de gêneros em vigor. “Toda a ideia de gênero é muito fixa. Eu só quero, tipo, explodir isso”, rebateu ela. Quanto a si mesma, ela negou que seja não-binária, mas ainda não sente que se encaixa nos rótulos estabelecidos. “Eu não sou não-binária, mas me sinto tanto homem, quanto sou uma mulher”, afirmou.

Sobre seu trabalho, a top model falou dos dias em que esteve ao lado de Karl Lagerfeld, diretor criativo das grifes Chanel e Fendi – que faleceu no início de 2019. De acordo com ela, “trabalhar, para mim, foi um grande escape”. Mas ela não pretende seguir lidando com isso dessa forma: “Não gosto mais de usar isso [trabalho] dessa forma. Quero usar isso como uma plataforma, algo em que eu não esteja fugindo dos meus problemas”.

Com tudo isso, apenas podemos dizer: lindíssima, falou tudo! Ficamos mais admirados com toda essa sensatez.