Cleo desabafa sobre sua relação com o corpo, após sofrer com gordofobia na web: “Eu tinha muito problema, não saía de casa”

Gordofobia não é piada, e a cantora e atriz Cleo sabe bem disso. Durante um evento de moda na segunda-feira (26), a filha de Glória Pires abriu o coração sobre o assunto para a revista Quem. No bate-papo, a artista revelou que seu histórico com o peso na balança sempre foi complicado, e isso acabou interferindo em sua vida pessoal. Ainda, ela colocou um ponto final nas especulações de que teria feito um famoso procedimento estético.

Nos últimos tempos, Cleo apareceu em público exibindo curvas mais acentuadas, e passou a ser agredida verbalmente pelos haters, que não aprovaram seu novo visual. No entanto, por conta de todas as experiências que já passou na vida, a artista confessou que não dá mais importância para os comentários agressivos. “Eu tinha muito problema em ganhar peso. Não saía de casa, não estaria aqui. Hoje mudei depois de muita terapia, maturidade. As críticas afetam, mas do chão não passa“, contou para a publicação.

Recentemente, Cleo viveu um caso de extrema gordofobia. Sua participação nos prêmios “MTV Miaw 2019” rendeu comentários extremamente ofensivos, ao aparecer com um corpo mais curvilíneo, se comparado ao seu antigo shape. Na época, a artista falou sobre o assunto em sua conta do Instagram, e mandou um recado empoderador.

Chega um ponto que não dá mais pra naturalizar esses comentários, porque penso no tanto de meninas e mulheres que, assim como eu, sofrem com distúrbios alimentares e emocionais por conta desse padrão irresponsável, inalcançável e cruel, que é fortemente alimentado pela cultura, indústria e por um certo tipo de jornalismo que tende a comentar sempre de forma depreciativa quando alguém aparece com quilos a mais. Isso não é vergonha!”, escreveu.

Na entrevista com a Quem, Cleo aproveitou para responder sobre os rumores de que teria feito harmonização facial. “Se eu tivesse feito, não teria vergonha. Mas não fiz. Só fiz plástica no nariz e nas olheiras“, explicou.