Demi Lovato choca ao contar tudo o que sua antiga equipe fazia para impedi-la de comer, e revela o que a fez voltar ao álcool

Prestes a lançar uma nova música, Demi Lovato esteve nesta quinta-feira (5), no programa de Ellen DeGeneres e se abriu sobre assuntos delicados. Já no começo da entrevista, a dona de “Sorry Not Sorry” revisitou o próprio quadro de transtorno alimentar, quando a apresentadora revelava o que a antiga equipe da cantora costumava fazer nos bastidores do vespertino.

Acabei de saber hoje que quando você veio nos últimos seis anos – você não está mais com essa equipe -, mas havia uma equipe que costumava lidar com tudo antes de você chegar aqui. Eles eram instruídos a esconder todo o açúcar e guardar tudo para que, quando você chegasse ao seu camarim, mesmo nos bastidores, não houvesse açúcar por perto. Você sabia que isso estava acontecendo?“, questionou Ellen.

Eu não sabia disso até hoje também“, admitiu Lovato. “Mas vivi uma vida nos últimos seis anos que sinto como se não fosse a minha. Porque eu lutei muito contra o distúrbio alimentar, sim, e esse era o meu principal problema e depois se transformou em outras coisas, mas a minha vida, eu senti que era – eu odeio usar essa palavra, mas senti que era controlada por tantas pessoas ao meu redor“, lamentou, dando em seguida exemplos chocantes das ações dos funcionários.

Se eu estivesse num quarto de hotel à noite, eles tirariam o telefone do quarto para que eu não pudesse ligar para o serviço de quarto, ou se houvesse frutas no meu quarto, eles as tirariam porque isso é açúcar extra. Não estamos falando de brownies, biscoitos, balas e coisas assim, estamos falando de frutas!“, relembrou Demi. De acordo com a estrela, “por muitos anos“, ela não teve nem mesmo um bolo de aniversário. Tudo o que ela poderia comer após assoprar as velinhas, era um bolo de melancia com “chantilly sem gordura“.

Demi e seu primeiro bolo de aniversário (com tudo o que tem direito) em anos… (Foto: Reprodução / Instagram)

A situação apenas teria mudado com a demissão da antiga equipe e a assinatura de um contrato com Scooter Braun, empresário de nomes como Justin Bieber e Ariana Grande. “Este ano, quando fiz 27 anos – já com minha nova equipe – Scooter Braun, meu empresário, me deu o melhor bolo de aniversário e passei com Ariana Grande , que é uma das minhas boas amigas, e acabamos tendo o melhor aniversário. Só me lembro de chorar porque finalmente estava comendo bolo com um empresário que não precisava de nada de mim e que me amava por eu ser quem eu sou e apoiava minha jornada“, contou.

Acho que, em algum momento, torna-se perigoso tentar controlar a comida de alguém quando ele se recupera de um distúrbio alimentar“, opinou Demi, antes de apontar a questão como um dos principais fatores desencadeantes de sua recaída no álcool e nas drogas. “Eu fiquei sóbria aos 19 anos, numa idade em que não tinha permissão legal para beber. Eu recebi a ajuda de que precisava na época e adotei uma solução, que se resumia à sobriedade total“, recordou.

Enquanto a cantora se mantinha longe das drogas e das bebidas, seu distúrbio alimentar “piorava cada vez mais“. “Eu pedia ajuda e eu não recebia a ajuda de que precisava“, afirmou, explicando que a estratégia da equipe de impedir seu contato com a comida só piorava as coisas. Não tinha outro jeito: o colapso veio! “Eu estava presa nessa posição infeliz, estava sóbria e pensando: ‘Estou seis anos sóbria, mas estou infeliz. Estou ainda mais infeliz do que quando estava bebendo. Por que estou sóbria?“, se questionou na época.

Enviei uma mensagem e entrei em contato com as pessoas que estavam na equipe [falando que largaria a sobriedade] e elas responderam tipo ‘Você está sendo muito egoísta, isso arruinaria as coisas não apenas para você, mas também para nós’. Quando ouvi isso – meus principais problemas são o abandono do meu pai biológico quando criança –  eu me senti completamente abandonada, então bebi. Naquela noite, fui a uma festa e havia outras coisas lá, e foram apenas três meses antes de eu acabar no hospital com uma overdose“, relatou. Assista:

Finalmente, tomei as decisões que me levaram aonde estou hoje, foram minhas ações que me colocaram na posição em que estou. Eu acho importante que eu me sente aqui neste palco e diga a você em casa, ou a você na plateia, que se você passar por isso, poderá enfrentar isso, e poderá chegar ao outro lado… Desde que você assuma a responsabilidade, poderá passar por ela e aprender a se amar da maneira que merece ser amado“, concluiu Demi, que nesta sexta (6), lança justamente uma canção sobre o amor próprio.

Ainda no programa de Ellen, inclusive, a diva divulgou um trechinho exclusivo do clipe da faixa, intitulada “I Love Me”. Confira: