Drake cita Rihanna ao falar sobre “ressentimento” com Chris Brown, e explica por que selou paz com o cantor!

Drake resolveu colocar mesmo a boca no trombone! Além de ter abordado suas desavenças com Kanye West no “Rap Radar”, o astro falou também sobre a antiga tensão entre ele e Chris Brown. Na entrevista de duas horas, ele ainda deu a entender que estaria mencionando Rihanna, fazendo referência ao seu passado com a diva.

Após diversas tentativas, Drake e Chris fizeram sua primeira parceria em 2019, com a canção “No Guidance”. Mas, segundo a voz de “God’s Plan”, foi difícil para os dois – que já se relacionaram com Riri – trabalharem juntos. Drake disse que sempre que tentaram fazer algo, parecia haver “ressentimento mútuo”, e que estavam “forçando” essa união.

Neste ano, Chris Brown deixou seus problemas com Drake de lado e lançou “No Guidance”. (Foto: Reprodução/YouTube)

“Realmente, no final do dia, quando você dá um passo para trás e analisa isso, você começa a se sentir bobo porque é sobre problemas com garotas”, opinou ele sobre a “tensão”. “Mas, obviamente, isso poderia se tornar uma bola de neve e virar uma m*rda de verdade e foi o que aconteceu nessa situação”, lembrou Drake quanto a sua relação com Brown.

Para quem não se lembra, esse “problema com garotas” foi a polêmica questão entre Brown e Rihanna. Em 2009, o músico foi preso por ter agredido a cantora pop. Na época, circularam diversas imagens da estrela com o rosto desfigurado após o ataque. Segundo o The Guardian, após o delito, Chris foi sentenciado a prestar serviços comunitários e teve de fazer uma terapia após o caso de violência doméstica.

Rihanna e Chris Brown estavam juntos em 2009, quando o astro foi preso após agredi-la. (Fotos: Getty)

Na entrevista, Drake evitou citar o nome de Rihanna, mas não deixou de a mencionar: “Bom, eu acho que nós dois crescemos, ao ponto de que a pessoa que estava no meio de nós não é mais parte de nossas vidas atualmente”. Entretanto, ele ainda expressou seus sentimentos. “Tenho o maior amor e respeito por ela”, contou, adicionando que considera a bad gal como “família”.

Justamente por isso, Drake sentiu uma “hesitação” antes de trabalhar com Brown, pois não queria que Rihanna se sentisse “desrespeitada”. Mas ele justificou o motivo do feat ter saído: “[Rihanna] sabe que eu e [Brown] ficamos dominados por essa questão e eu acho que ela é uma boa pessoa, com um bom coração, e ela preferiria que a gente colocasse um ponto final nisso, do que continuar a infantilidade e terminar numa situação séria”.

Assista ao vídeo na íntegra aqui:

Ainda no papo, sem titubear, Drake disse não acreditar mais na amizade de Kanye. “Eu acho que ele meio que recrutou um cara [Pusha] que tinha o mesmo desgosto em relação a mim. Não importa o que ele diga nas entrevistas. Ele pode dizer pra qualquer um que ‘sente amor por mim’, ou algo do tipo, mas isso não é amor. É… tem algo ali que o incomoda profundamente. E eu não posso consertar isso por ele, então é o que é”, disparou a voz de “One Dance”.

Vixe, gente! Confira mais detalhes e as declarações sobre a briga entre Drake, Kanye e Pusha-T, clicando aqui.