Em entrevista, Demi Lovato abre o coração sobre o vício em drogas e faz planos de começar uma família: “Com homem ou mulher”

O comeback de Demi Lovato é real e promete fazer muita gente chorar… A cantora participou do programa de rádio “Beats 1”, que será transmitido amanhã (25), e alguns trechos da entrevista foram divulgados, dando detalhes sobre como será seu retorno aos palcos após fazer um hiato na carreira para focar em sua sobriedade.

A estrela está confirmada no 62ª edição do Grammy Awards, que rola no domingo (26), em Los Angeles. Por lá, ela será uma das atrações musicais com o single inédito “Anyone”, escrito alguns dias antes da overdose que ela sofreu em 2018 e a afastou de sua carreira.

“Quando eu escuto essa música, eu percebo que era um pedido de ajuda e que alguém escutou essa música e percebeu que eu estava pedindo ajuda. Ela foi gravada em uma fase que eu achei que minha saúde não estava tão boa e, claramente, não estava. Agora, escutando de novo, eu queria poder voltar no tempo e ajudar aquela versão de mim”, desabafou.

A artista também se questionou sobre como ninguém conseguiu identificar o que estava acontecendo com ela. “Quando a ouço, questiono como ninguém a ouviu e pensou: ‘vamos ajudar essa garota’”, indagou.

A voz de “Heart Attack” também falou sobre os mecanismos que tem criado no processo de se manter sóbria, como por exemplo, parar de se cobrar para ter sucesso contínuo na carreira. “Quando eu passo por uma coisa difícil eu paro e me questiono: por que eu estou nessa? A minha felicidade não pode ser medida pelo meu sucesso. Então, quando eu penso no que me deixa feliz, eu penso na minha família e nos meus amigos”, falou.

E por falar em família, Demi também está cheia de planos para o futuro… “Eu quero muito começar uma família. Isso seria incrível. Eu ainda não consigo imaginar se vai ser com uma mulher ou com um homem. O que eu sei é que em algum momento da minha vida eu vou adorar fazer isso”, adiantou.