Em primeira entrevista após polêmica, MC Gui diz que demorou para perceber erro e revela o que está fazendo para se redimir: “Momento mais triste da minha vida”

Vinte dias após ser acusado de bullying por filmar e rir de uma garotinha da Disney, MC Gui deu a primeira entrevista sobre o assunto. Para o colunista Leo Dias, do ‘UOL’, o funkeiro se abriu sobre a repercussão do caso e as atitudes que tomou para aprender com o erro desde então.

No final de outubro, Gui foi parar nos assuntos mais comentados das redes sociais, após um vídeo controverso que publicou no Instagram Stories durante sua viagem à Disney.

Nas imagens publicadas, ele filmava uma garotinha fantasiada de “Boo”, de “Monstros S.A.”, que apresentava um semblante sério e parecia estar desconfortável com a situação, olhando para a câmera. “Chegamos na Disney, mano, olha isso”, contou ele aos seguidores. Ao fundo, era possível ouvir várias risadas da cena, e comentários como: “Olha a menininha” e “Para de dar risada”. Assista:

Na entrevista, o cantor contou que demorou para perceber o erro. “Você olhou e já sacou: ‘Putz, fiz m*rda’?”, questionou Leo Dias. “Não. Na verdade eu tentei me justificar. E foi outro erro, porque aquilo não tem justificativa. Não tem explicação. Comecei a receber muitas críticas e apaguei todos os vídeos. Deveria, naquela hora, ter mostrado o que eu sinto hoje, o que eu senti todos os dias de lá para cá: um profundo arrependimento, uma profunda tristeza”, desabafou.

“Foi muito infeliz, foi totalmente errado”, disse sobre o vídeo. “Mas naquele momento não consegui perceber isso. Foi algo que, para nós, era normal. Só depois parei para analisar que, às vezes, o que é [motivo de piada] para mim não é para os outros. Eu me senti constrangido no lugar dela”, sintetizou.

MC Gui em entrevista a Leo Dias (Foto: Reprodução/UOL)

O artista revelou que chegou a procurar a família do vídeo, mas não a encontrou. “Gostaria de pedir um grande perdão àquela família, principalmente à garotinha. Cometi grandes erros que eu não podia ter cometido”, afirmou ele, que classifica o caso como “o momento mais infeliz” de sua vida. “Eu já passei por diversas coisas, mas hoje é o momento mais triste da minha vida. Estou tendo dificuldades para dormir, os primeiros dias foram horríveis. Não tenho mais nenhum compromisso, porque minha cabeça está em outro lugar”, lamentou.

O MC explicou como está lidando com toda a repercussão da polêmica desde então. “Pra mim não existiu viagem. Eu me decepcionei totalmente, decepcionei a minha família. Assim que eu cheguei ao Brasil, fui direto para a minha casa e não saí de lá para nada. Depois, dei início a uma terapia, foi algo que me ajudou muito. Eu me pus no lugar de todos que me criticaram. E essas críticas me ajudaram a analisar a situação. A ver o quão imbecil eu fui, o quanto eu fui errado em fazer tudo aquilo que eu fiz”, relembrou.

Em relação a ações concretas, Gui respondeu que está buscando ONGs especializadas em bullying para se informar sobre o assunto e ajudar. “Às vezes uma brincadeira de mau gosto é o que começa isso. São coisas que acontecem diariamente”, explicou ele. Na entrevista, ele comentou que tem medo de nunca se livrar da angústia que está sentindo. “Cometi um grande erro, mas preciso que isso saia de mim para que eu possa voltar a viver, a ser feliz, a seguir com minha vida”, declarou.

View this post on Instagram

Não foi nada fácil olhar pra trás e relembrar o maior erro da minha vida. Mas era preciso, era necessário. Os últimos dias têm me feito amadurecer como nunca e por isso eu aceitei falar com Leo Dias. Ele me fez ouvir tudo o que o Brasil anda pensando sobre mim. Doeu. Ainda dói. Fui julgado por um país inteiro e aprendi a lição. Eu estou buscando ajuda para mudar e quis deixar isso claro na conversa. Eu aprendi a me colocar no lugar do outro e passei a ver a vida de outra forma. Eu peço uma nova chance a todos vocês. Minhas atitudes a partir de hoje vão provar que aquele Gui ficou pra trás. Obrigado pela oportunidade de me ouvir, Leo. Aos meus fãs, acreditem, eu não decepcionarei vocês de novo. 🙏🏼🙌🏼❤️ Amanhã a entrevista estará disponível no portal UOL!!!

A post shared by MC GUI 👑 (@mcgui) on

Por fim, o funkeiro comentou duas consequências contrastantes de suas ações: o aumento de seu número de seguidores no Instagram e os shows e contratos que ele teve cancelados. “Quanto aos seguidores, eu acredito que as pessoas acabaram ficando muito curiosas com o que aconteceu. E na questão dos shows, além de algumas empresas terem pedido para esperar e depois tentar resolver da melhor forma, eu mesmo pedi para o meu pai e para a minha mãe conversarem com o empresário e tomar a iniciativa de cancelar alguns compromissos”, afirmou. “Não tenho condição nenhuma de subir ao palco, de entrar no estúdio, de tentar escrever uma música, sabe?”.

Confira a entrevista completa abaixo: