MC Gui tem novos shows e compromissos cancelados por acusação de bullying contra garotinha; saiba os detalhes!

A situação continua complicada para MC Gui! Depois de ter causado uma grande polêmica e ser acusado de bullying contra uma garotinha nesta segunda (21), o cantor segue tendo shows e compromissos cancelados. Ainda ontem (22), ele publicou um novo vídeo se desculpando pela atitude e explicando o que teria acontecido. Mas isso não ajudou muito, não…

No início da semana, o funkeiro foi o centro de uma questão que tomou conta das redes sociais. Após ter publicado um vídeo de uma criança durante viagem à Disney, MC Gui recebeu diversas críticas de que teria debochado da aparência da menininha, parecida com a personagem Boo, de “Monstros S.A.”. Nas imagens, risos são ouvidos ao fundo, enquanto a garotinha aparece com um semblante sério, percebendo que está sendo filmada.

Mc Gui (Foto: Reprodução/Instagram)

Até o momento, a repercussão do vídeo do MC acabou levando ao cancelamento de quatro eventos, segundo o G1. O mais recente foi o “Baile do Poderoso”. Em um comunicado, a organização do evento informou que não contará mais com a participação do funkeiro. “Por conta dos últimos acontecimentos, o artista MC Gui não participará do evento Baile do Poderoso Prime”, disse a nota.

Também no dia 27, Gui seria uma das atrações de uma festa de Dia das Crianças, na cidade de Caieiras, São Paulo. Contudo, seu nome foi retirado do line-up da celebração. Esse também foi o caso da prefeitura de Cambuquira, em Minas Gerais. Em um informe, a prefeitura da cidade anunciou que seu evento com o artista não será mais realizado.

Logo que a situação veio à tona, uma escola de idiomas já havia cancelado outra performance de Gui. No dia 31 de outubro, ele se apresentaria em uma festa de Halloween no Mato Grosso do Sul. “Reforçamos que Ética e respeito fazem parte dos valores da nossa empresa e qualquer situação que vá contra nossos princípios em nenhuma hipótese é aceita”, escreveu a instituição em suas redes sociais.

NOTA: HalloweenO CNA Idiomas Três Lagoas/MS através desse post, informa que foi solicitado o cancelamento do show do…

Publicado por CNA Três Lagoas em Segunda-feira, 21 de outubro de 2019

Outro acordo rompido foi com uma loja de roupas masculinas. A empresa, que comercializava produtos da G Style, marca do funkeiro, decidiu acabar com essa parceria. “Informamos que a partir de hoje não venderemos mais a marca do Gui. Nós da Black Nine não compactuamos com qualquer tipo de preconceito, muito menos quando se trata de uma criança indefesa”, informou a marca em um comunicado oficial.

Relembre o caso

Mc Gui foi o centro de uma grande polêmica nessa segunda-feira (21). O funkeiro foi parar nos assuntos mais comentados do dia, após um vídeo controverso durante sua viagem à Disney em que filmou uma garotinha que encontrou em um trem por lá.

Nas imagens publicadas, ele filmava uma garotinha fantasiada de “Boo”, de “Monstros S.A.”, que apresentava um semblante sério e parecia estar desconfortável com a situação, olhando para a câmera. “Chegamos na Disney, mano, olha isso”, contou ele aos seguidores. Ao fundo, era possível ouvir várias risadas da cena, e comentários como: “Olha a menininha” e “Para de dar risada”. Assista:

Entre os internautas, a situação foi interpretada como um deboche à aparência da menininha. Não demorou até que críticas pipocassem pelas redes sociais, em resposta ao post polêmico e à exposição da garota. “Não tem graça zombar de alguém só para sair de engraçadão da turma!”, opinou uma usuária. “Queria não ter visto um cara em pleno 2019 achar que zoar alguém pra não sei quantos milhões de seguidores é algo legal”, comentou outro. Confira as reações:

Ontem (22), através de um vídeo publicado no seu IGTV, Gui resolveu pedir desculpas a todos que se ofenderam com a postagem. O MC explicou que não estava focado na menina vestida de Boo e, sim, em toda a família. “Em todo momento eles estavam da forma que eu mostrei no vídeo. Não foi algo que eu filmei, eles viram e se sentiram constrangidos”, afirmou ele, acrescentando que inclusive conversou com todos mais tarde.

Ele destacou que seu objetivo não teria sido humilhar a garotinha. “Em momento algum eu pensei em fazer isso pra atacar alguém ou fazer bullying, principalmente com uma criança. Algo mais forte que eu sempre tive na minha carreira foi o público teen. Se hoje eu tô aqui é muito pelo público teen que eu sempre tive”, desabafou.

MC Gui resolveu se pronunciar oficialmente pelas redes sociais (Foto: Reprodução/Instagram)

Em seguida, o dono de “O Bonde Passou” se desculpou pelas suas ações. “No vídeo, se ela realmente tivesse ficado constrangida eu iria na hora pedir desculpa, não teria postado nada. Não iria estar dando risada de algo que eu achei engraçado e a pessoa não”, lamentou.

Ele completou: “Claramente, eu estou aqui também pra pedir desculpa pras pessoas que interpretaram da forma errada, da forma que os sites de fofoca e portais de notícia divulgaram. Essa nunca foi minha intenção. Eu nunca na vida quero ter essa intenção de poder prejudicar alguém, principalmente a minha pessoa”. Confira:

Pai diz que cantor está “chorando muito”

Por meio de uma vídeo-conferência, Gui, que ainda está nos Estados Unidos, prestou seus esclarecimentos sobre o contexto da gravação controversa ao “Balanço Geral”. “Essa família estava fantasiada e desde o momento que eles entraram a menininha ficou no canto dela quietinha. Eu não consegui enxergar se ela estava constrangida com alguma coisa. Quando eu gravei ela pode sim ter se sentido constrangida”, começou.

“Eu nunca quis e nunca na minha vida vou querer gravar alguém pra constranger. Porque eu sou totalmente contra isso. A gente não riu em tom de deboche. Em nenhum momento a gente queria debochar de alguma criança. Muita gente interpretou dessa forma, foi um momento infeliz e inoportuno que aconteceu o vídeo, mas em nenhum momento eu quis debochar da cara dela”, continuou, durante sua participação na atração apresentada por Geraldo Luís.

Mc Gui e o pai (Fotos: Reprodução/Instagram)

O pai do artista, Rogério da Silva, conversou com o jornal Extra. Silva garantiu que o filho estava arrependido de ter zombado da menina e afirmou que a repercussão negativa do caso tinha estragado as férias da família. “Ele está chorando muito. Estamos todos muito abalados. E não temos mais clima para férias. Ele aprendeu todas as lições possíveis com o que aconteceu. Nesse momento, ele quer pedir perdão e desculpa a todos. Ele errou, mas é assustador esse ódio todo das pessoas”, disse.

A mãe e empresária de MC Gui, Claudia Baronesa, usou sua conta pessoal no Instagram para reforçar o pedido de desculpas do filho, e pediu ajuda para descobrirem o paradeiro da criança. “Estamos aqui pedindo a quem possa nos ajudar a encontrar essa garota. Não sabemos se o nome dela é Jully nem quem são os pais, mas queremos muito reparar esse erro”, escreveu na legenda.

(Foto: Reprodução/Instagram – Via Stories)
(Foto: Reprodução/Instagram – Via Stories)