Justin Bieber volta a pedir desculpas por comentários racistas de quando era adolescente: “Eu era ignorante”

Justin Bieber se arrepende de certos acontecimentos do seu passado, e deixou isto claro nesta quarta-feira (4). Em sua conta no Instagram, o artista fez uma publicação pedindo desculpas por falas racistas que disse durante sua adolescência.

O astro reconheceu que várias coisas que falou quando era mais novo tinham conotações preconceituosas contra a cor da pele. “Quando eu era jovem, eu era ignorante e me vi dizendo coisas realmente dolorosas sem saber o poder das minhas palavras”, lamentou. No post, o marido de Hailey Bieber compartilhou uma imagem escrito “Lute contra o racismo”.

Focado em seu tratamento psicológico e em ficar sóbrio, o astro se reconectou com seu lado religioso, e isso acabou sendo mais um motivo para reavaliar todas as coisas ruins que já proferira. “O racismo ainda é muito prevalente e quero usar minha voz para lembrar que somos todos seres humanos e todos têm valor igual diante de Deus!”, escreveu.

Justin Bieber provocou uma verdadeira polêmica em 2014, quando gravações do documentário “Never Say Never”, de 2011, vieram à tona. Nas imagens, o cantor aparece repetidamente usando uma expressão depreciativa para fazer uma piada. Na época, ele se pronunciou sobre o ocorrido e pediu desculpas pelo comportamento considerado “infantil”. “Quando criança, eu não entendia o poder de certas palavras e como elas podem machucar. Eu pensei que era bom repetir palavras e piadas ofensivas, mas não percebi na época que não era engraçado e que, de fato, minhas ações continuavam a ignorância”, falou.