Leo Dias manda presente sugestivo para equipe do ‘Fofocalizando’: ‘Não é uma vingança’

Três semanas após assinar sua rescisão com o SBT, Leo Dias, claro, ainda se lembra muito bem da emissora e dos colegas que lá deixou. Tanto é que fez questão de mandar um presente sugestivo para a equipe do “Fofocalizando”. O rapaz enviou para vários funcionários do canal, chocotones do tipo ‘Língua de Gato’. Em se tratando do colunista, teve gente achando que o nome do ‘mimo’ seria uma indireta para algumas pessoas. Mas ele jura que não…

Só guardo boas lembranças do Fofocalizando. Se eles têm lembranças ruins sobre mim, eu lamento. Isso não foi uma vingança, foi uma doce lembrança. Talvez eles já tenham se esquecido de mim“, destacou ao hugogloss.com. Segundo Leo, todos os apresentadores do vespertino receberam o mesmo presente, incluindo Mara Maravilha, com quem viveu uma relação turbulenta na atração. “Dei pra quem cuidava do meu cabelo, do meu camarim, pra quem fazia a pauta comigo, pra quem trabalhava diretamente. Ah… e pra quem me puniu também! [O diretor e sobrinho de Silvio Santos] Leon Abravanel, que me suspendeu, também recebeu um“, contou.

Questionado se o modelo da iguaria seria uma indireta para alguém em específico, ele garantiu: “Dei o mesmo panetone que eu comprei pros 10 porteiros do meu prédio. Eles têm igual importância na minha vida“. Em 2020, Leo dará expediente num novo canal, a ‘Rede TV!’, onde já trabalhou entre 2013 e 2016. Dessa vez, no entanto, o rapaz não será visto como repórter: ele assumirá a direção executiva do “TV Fama”, o mais longevo e tradicional programa da emissora.

Leo e Lívia também viveram uma relação conturbada no programa (Foto: Reprodução / Instagram)

Dias estava no SBT desde o final de setembro de 2016. Na emissora da Anhanguera, atuou como apresentador do ‘Fofocalizando’ e enfrentou uma série de altos e baixos. No mês passado, a situação se encaminhou para o clímax, quando o jornalista foi suspenso por três dias da atração, após uma queixa ao vivo. “Fui reclamar que toda hora cortavam meu microfone, deu nisso. Uma pena, tinha voltado a ter prazer em fazer o programa e a audiência estava respondendo. Acho que sou verdadeiro demais pro programa”, desabafou no Twitter na época.

Duas semanas mais tarde, ele anunciou aqui no hugogloss.com que estava de saída do canal. O pedido da rescisão contratual partiu dele próprio. Em sua despedida, Leo fez uma espécie de ‘mea culpa’ e escreveu uma carta de agradecimento a Silvio Santos.