Matheus Pires, participante de “No Limite” mostra feridas após pegar varíola dos macacos: “Tenho marcas no corpo todo”; assista

Matheus Pires mostrou marcas no rosto provenientes da varíola dos macacos e detalhou recuperação

Esse “No Limite” da vida real tá tenso, hein?! Matheus Pires, ex-participante do reality “No Limite“, da TV Globo, foi diagnosticado com varíola dos macacos (ou ‘MonkeyPox’) e mostrou, nas redes sociais, as marcas provocadas pela doença.

Internado desde quarta-feira (6), o rapaz compartilhou o processo de recuperação em seu perfil no Instagram, mostrou as feridas em sua face causadas pela enfermidade e contou, ainda, que está sofrendo com outros machucados espalhados pelo corpo. Segundo o coordenador pedagógico, ele está melhorando aos poucos, mas continua “isolado” no hospital, evitando qualquer contato com outras pessoas.

O isolamento ocorre até mesmo quando recebe atendimento médico, já que os profissionais de saúde só podem se aproximar dele devidamente equipados para evitar uma possível infecção. “Vim tranquilizar vocês, dizer que tá tudo ótimo, ainda estou internado, mas está tudo bem. Nos primeiros dois, três dias, os remédios estavam fazendo muito efeito, dormi bastante, estava muito enjoado, mas agora eu tô conseguindo lidar super bem [com a doença], afirmou Matheus.

O ex-No Limite então mostrou detalhes de sua rotina no hospital, falou mais sobre o isolamento e explicou como seu caso evoluiu. “O meu caso é aquele em que eu tenho que ficar todo isolado. Por causa, dá para ver, pelas marcas e tem algumas marcas no corpo todo, mas cada dia que passa eu estou um pouquinho melhor”, declarou Pires.

Continua depois da Publicidade

Por fim, o rapaz agradeceu o carinho e mensagens de apoio que tem recebido dos fãs e amigos, e celebrou uma possível ida para casa. “Muito obrigado por todas as mensagens de carinho e amor. Sigo internado e me recuperando (…) Em breve terei alta para continuar isolado, só que na minha casinha”, declarou ele.

Continua depois da Publicidade

Nas redes sociais, a equipe de Pires revelou que o participante do reality da Globo começou a apresentar os sintomas da doença no início da semana, quando realizou o exame. Após a confirmação, ele foi imediatamente internado para receber tratamento, e não pôde comparecer à final da atração. “Pedimos a todos que mandem energias positivas para que ele se recupere o quanto antes”, disse o comunicado. Confira a íntegra:

Como já se sabe, a varíola dos macacos pode ser transmitida através do contato com secreções contaminadas, superfícies que contenham o vírus, ou mesmo através do contato respiratório, com as gotículas e aerossóis circulando pelo ar. “Se alguém não infectado teve contato próximo com alguém infectado com o MonkeyPox existe, sim, a possibilidade de transmissão da doença”, explicou a médica infectologista Adielma Nizarala ao iG.

Continua depois da Publicidade

A doença

Nos últimos dias, uma investigação epidemiológica foi instaurada para tentar explicar o motivo do surgimento dos surtos atuais pelo mundo. Até o momento, o Brasil já confirmou 173 casos da doença, que começa com febre, fadiga, dor de cabeça, dores musculares, ou seja, sintomas semelhantes a um resfriado ou gripe.

Cerca de 1 a 5 dias após o início da febre, aparecem as lesões cutâneas (na pele), que são chamadas de exantema ou rash cutâneo (manchas vermelhas). As marcas surgem inicialmente no rosto e seguem se espalhando para outras partes do corpo.