Foto: Reprodução/YouTube

Livro aponta quem da família real fez comentário racista sobre filhos de Harry e Meghan Markle; Palácio se manifesta

Mais um escândalo caiu sobre a realeza britânica com o lançamento do livro “Brothers and Wives: Inside The Private Lives of William, Kate, Harry and Meghan”, do jornalista Christopher Andersen. Segundo o Page Six, a obra expôs uma suposta especulação de príncipe Charles, que teria se preocupado com a cor de pele do filho de Harry e Meghan Markle. Com o caso, a família real se manifestou sobre o assunto.

De acordo com o livro, Charles teria feito o comentário por volta de novembro de 2017, época em que o noivado de Harry e Meghan foi anunciado. O autor, que é ex-editor da revista “People”, contou que o sucessor imediato da rainha Elizabeth II teria dito: “Eu me pergunto como serão as crianças?”. A esposa de Charles, Camilla Parker-Bowles, teria respondido: “Bom, serão absolutamente maravilhosas, eu tenho certeza”.

Principe Charles Camilla
Príncipe Charles supostamente teria especulado sobre a cor de pele dos filhos de Harry e Meghan. (Foto: Getty)

Continua depois da Publicidade

Foi após a reação da duquesa que Charles teria soltado o comentário referente à cor de seus netos. “Quer dizer, como você acha que a cor de pele dos filhos deles será?”, teria dito o príncipe. Já nesta segunda-feira (29), o escritório particular de Charles e Camilla negou enfaticamente as acusações do livro. “Isso é ficção e não vale a pena comentar”, respondeu um porta-voz do palácio de Clarence House.

Meghan já havia exposto situação similar e chocante

A história exposta no livro se assemelha ao chocante relato que Meghan Markle e príncipe Harry deram no início do ano, em sua bombástica entrevista à Oprah Winfrey. Na ocasião, a duquesa de Sussex contou que a cor de pele do seu bebê, Archie, foi motivo de preocupação para alguns membros da família real. Meghan é negra, e Harry — assim como todos seus familiares — branco.

Meghan Markle e Príncipe Harry abriram o jogo em entrevista bombástica à Oprah. (Foto: Getty)

Houve várias preocupações e conversas sobre o quão escura seria a pele dele quando nascesse“, entregou Markle, para completo choque de Oprah. “O quê? Havia uma conversa com você sobre o quão escuro seu bebê ficaria?“, questionou a apresentadora, incrédula. “E sobre o que isso significaria ou pareceria“, confirmou a atriz. “E você não vai me dizer quem foi [o responsável por esses comentários]?”, indagou a veterana da TV. “Acho que isso seria muito prejudicial para eles“, hesitou Meghan.

Continua depois da Publicidade

De acordo com Markle, a conversa absurda aconteceu entre a família e Harry, que, por sua vez, a retransmitiu à amada. Mas o príncipe também não quis dar detalhes da discussão. “Essa conversa, eu nunca vou compartilhar. Na época, foi estranho, fiquei um pouco chocado“, assumiu o ruivo. A duquesa destacou que ao longo das viagens pela comunidade britânica, observou que boa parte da população desses locais é negra. Ela ainda apontou o quanto uma representatividade é importante para essas pessoas. Assista: