Simaria

Simaria e ex-marido travam briga na Justiça, e depoimentos reveladores vêm à tona; leia tudo

Vicente Escrig pede a divisão de bens na Justiça, enquanto Simaria aponta agressividade do ex-marido. O casal ficou junto por 14 anos.

Um dos motivos que tem abalado a saúde de Simaria, da dupla com Simone, pode ter sido revelado. Após o afastamento dos palcos por recomendações médicas, foi divulgado neste sábado (18) que a cantora está em uma briga judicial com o ex-marido, Vicente Escrig. O espanhol apresentou documentos à Justiça pedindo a divisão de bens, que incluem imóveis, veículos e milhões de reais. Mesmo o processo correndo em segredo de Justiça, a jornalista Fabíola Reipert teve acesso às informações.

No entanto, Simaria já havia acionado as vias jurídicas dias após o divórcio, em 2021. De acordo com Léo Dias, a cantora declarou que Escrig teria se recusado a deixar sua casa e a violentaria psicologicamente. Ela afirmou que fazia as refeições trancadas em seu quarto, porque tinha medo do então marido.

Já a defesa de Escrig alegou que ele não deixou o imóvel porque era o responsável por tomar conta dos filhos do casal enquanto a cantora cumpria os compromissos profissionais. O casal não queria ter assistência de terceiros na época para a criação das crianças. Nos documentos, ele ainda conta que precisou largar o emprego para ficar com os pequenos. Escrig também afirmou que a ex-mulher teria deixado a fama subir à cabeça. “A famosa cantora sertaneja, que faz dupla com Simone, sua irmã -, após ter alcançado sucesso e muito dinheiro, passou a julgar-se acima de tudo e de todos”, apontou.

Continua depois da Publicidade

Os advogados do espanhol usam o discurso da cantora no prêmio Multishow de 2017 como prova de que ela concordava com a criação dos filhos dessa maneira. “Quero agradecer ao meu marido, Vicente, que não aparece nunca, está sempre escondido, um cara íntegro, honesto, inteligente. Não tenho palavras para dizer o quanto sou apaixonada por ele. Se eu tivesse conhecido agora, teria me apaixonado por você. Devo isso também a você, que olhou para mim e para Simone e disse: ‘Vocês têm que seguir o caminho, pois são boas demais, não podem ficar nisso aqui’. Uma salva de palma pro meu marido, gente”, disse durante a premiação.

Simaria
Simaria e Vicente Escrig ficaram juntos por 14 anos (Foto: Reprodução/Instagram)

Ainda segundo Dias, Simaria tinha pedido à Justiça que o ex-marido fosse impedido de buscar os filhos na escola após ele brigar com a babá das crianças. No documento, ela conta que Escrig tentou visitar as crianças de forma “desordenada, sem anuência da genitora (Simaria), criando um tumulto na porta das escolas das crianças e adotando comportamento violento com a babá, assustando os menores”.

Depois do ocorrido, o Tribunal de Justiça de São Paulo determinou que Vicente não poderia mais nem levar, nem buscar os pequenos na escola. Também foi decidido que ele não poderia dormir com os filhos aos finais de semana de visita, já que não tinha residência fixa e dormia com as crianças em seu escritório.

Continua depois da Publicidade

No processo também consta o depoimento da babá. “Seu Vicente estava na porta e começou a gritar com todo mundo, inclusive na frente das crianças, dizendo que eu estava tentando impedir de ficar com elas. Eu tentei falar com Seu Vicente, pelo menos para saber para onde os meninos seriam levados, mas ele se recusou a me responder. Fiquei com bastante medo do Seu Vicente e assustada com a reação dele. Ele sabe que eu estava lá fazendo o meu trabalho, mas me acusou e criou um tumulto na escola”, relatou.

A profissional também descreveu que o ex-marido da cantora provocava intrigas com os próprios filhos. Numa delas, Pawel, o caçula, teria se recusado a ir a um aniversário pela forma que o pai falou sobre o cachorro da família, Sky. “Pawel me disse que ele estava muito bravo porque o pelo do Sky tinha sido cortado e que ele não tinha gostado. Perguntei para ele porquê ele não tinha ido para a o aniversário do amiguinho Bento, já que sabia que nesse horário ele já teria saído para a festa e ele respondeu que estava bravo pois o pai dele fica falando coisas para ele que o deixa bravo. (…) ele me disse ‘meu pai falou que não é para deixar o cachorro de fralda e que eu tenho que ficar bravo com isso’. Depois disso, Pawel repetiu que estava muito bravo com o pai, pois ele fica falando ‘coisas’ para ele”, contou.