Vin Diesel explica briga com The Rock nos bastidores: "Amor bruto". (Getty)

The Rock critica Vin Diesel após pedido público sobre “Velozes e Furiosos 10”: “Exemplo de manipulação”

Dwayne Johnson revelou que já tinha conversado sobre isso com o ex-colega de elenco, negou interesse em retornar para a franquia e criticou a publicação de Vin Diesel

Não vai rolar! No mês passado, Vin Diesel surpreendeu os fãs ao fazer um pedido público para que Dwayne Johnson retornasse para “Velozes e Furiosos 10“. Os dois tiveram um sério desentendimento na vida real e parecia que tudo estava prestes a melhorar. No entanto, em entrevista à CNN, divulgada nesta quarta-feira (29), The Rock garantiu que não tem interesse de voltar a interpretar Luke Hobbs e ainda acusou o ex-colega de manipulação. Eita!

Para quem não acompanhou a saga, os artistas ficaram anos sem se falar, até que Diesel fez uma publicação em suas redes sociais direcionada a Dwayne. “Meu irmãozinho Dwayne… a hora chegou. O mundo espera pelo final de ‘Velozes 10’. Como você sabe, minhas crianças se referem a você como o Tio Dwayne. Não há um feriado que se passe em que você e eles não mandem os melhores desejos… mas a hora chegou. O legado espera”, iniciou Diesel.

“Eu disse a você anos atrás que eu cumpriria minha promessa ao Pablo [Paul Walker]. Eu jurei que nós chegaríamos e teríamos o melhor ‘Velozes’ no final, que é o 10! Eu digo isso por amor… Mas você tem que aparecer, não deixe a franquia parada, você tem um papel importante a fazer. O Hobbs não pode ser interpretado por mais ninguém. Espero que você esteja à altura da ocasião e cumpra o seu destino”, concluiu o intérprete de Dom Toretto, que ainda compartilhou uma foto ao lado de The Rock.

A possibilidade de uma “bandeira branca” foi recebida com bastante entusiasmo pelos fãs dos filmes, mas a mais recente declaração de The Rock jogou um balde de água fria em todo mundo. Em suas palavras, antes do pedido público de Diesel, ele já tinha avisado que não pretendia retornar. “Em junho passado, quando Vin e eu nos falamos (não pelas redes sociais), eu lhe disse pessoalmente — e privadamente — que eu não voltaria à franquia”, explicou Johnson.

“Fui firme, mas cordial em minhas palavras. Disse que apoiaria o elenco e que estaria sempre torcendo para que a franquia tivesse sucesso, mas que não havia qualquer possibilidade de voltar”, garantiu. Segundo ele, a Universal Pictures também foi avisada da decisão e apoiou, “pois todos compreendem o problema”.

Vin Diesel e The Rock ficaram anos sem se falar. (Fotos: Reprodução)

Dwayne também criticou o ex-colega de elenco, o acusando de tentar manipular o discurso a seu favor, embora aparentemente ele tivesse “boas intenções”: “O post recente de Vin foi um exemplo da sua manipulação. Não gostei que ele tenha citado os seus filhos no post, nem a morte de Paul Walker. Deixe-os fora disto. O meu objetivo sempre foi terminar a minha incrível jornada com esta incrível franquia de ‘Velozes e Furiosos’ com gratidão e graça. É lamentável que este diálogo público tenha deixado as águas turvas”.

Continua depois da Publicidade

Apesar do clima tenso, o ator reafirmou seu compromisso com os filmes e com os colegas de bastidores. “Independentemente disso, estou confiante no universo ‘Velozes’ e na sua capacidade de apresentar resultados consistentes para o público. Desejo sinceramente às minhas antigas co-estrelas e aos membros do set as maiores felicidades e sucesso no próximo capítulo”, concluiu Johnson.