Virou tradição? Kevin Spacey lança novo vídeo bizarro de Natal em que imita Frank Underwood e pede por mais bondade no mundo; assista!

Kevin Spacey está de volta às redes sociais. Após um ano afastado da internet — por conta das alegações de abuso e assédio sexual que recebeu —, o ator, diretor e roteirista decidiu compartilhar um novo vídeo, celebrando o Natal de maneira beeeem esquisita…

Em seu monólogo, semelhante àqueles dados por seu personagem Frank Underwood em “House of Cards”, Spacey deseja bons votos para o ano que se encerra, enquanto cutuca o fogo em uma lareira. “Você não pensou que eu perderia a chance de te desejar um feliz Natal, não é mesmo? Tive um ano muito bom e estou muito grato por ter minha saúde de volta. Por conta disso, fiz muitas mudanças em minha vida e gostaria de convidar vocês para se juntarem a mim. Em 2020, quero fazer votos por coisas boas nesse mundo. Sei o que vocês estão pensando… ‘Você está falando sério?’, e sim, estou, acredite. E não é tão difícil assim”, avisa ele.

Em tom misterioso, ele prossegue, em sua cartada final. “Da próxima vez que fizerem algo que você não gosta, você pode atacar, mas também pode baixar suas armas. Faço algo inesperado. Você pode… os matar com bondade”, conclui, ao som de uma música dramática e sinistra. Eita! Assista abaixo:

 

No ano anterior, o ator também havia lançado um vídeo no mesmo estilo — que foi recebido com bastante ceticismo. A gravação foi a primeira vez que ele quebrou seu silêncio após sofrer as acusações de assédio sexual que o fizeram ser demitido da série “House of Cards“. Intitulado “Let Me Be Frank” (Deixe-me ser franco/Frank, em tradução livre e numa brincadeira com as palavras), a filmagem o mostrava reprisando seu papel como o político Frank Underwood.

Eu sei o que você quer. Tentaram nos separar, mas o que nós temos é tão forte, é tão poderoso. Depois de tudo, nós dividimos todas as coisas você e eu. Contei a você os meus mais profundos e obscuros segredos. Eu mostrei a você exatamente do que as pessoas são capazes. Eu choquei você com a minha honestidade. Mas, desafiei você e te fiz pensar. E você confiou em mim. Mesmo sabendo que não deveria. Então, quando eu acabar, não importa o que vão dizer. Eu sei o que você quer. Você me quer de volta“, começa o ator.

Claro, alguns acreditaram em tudo e apenas esperavam ansiosamente para me ouvir confessar tudo“, diz Spacey no vídeo. E acrescenta: “Eles estão morrendo de vontade de me ver confessar que tudo que foi dito é verdade e que eu tive o que merecia. Não seria fácil se tudo fosse tão simples? Só você e eu sabemos que nunca é tão simples, nem na política e nem na vida“.

Kevin Spacey quebrou o silêncio em um vídeo bizarro. (Foto: Reprodução/YouTube)

Ele ainda indaga: “Mas você não acreditaria no pior sem provas, não é? Você não se precipitaria em julgamentos sem fatos, certo? Você fez isso? Não, você não. Você é mais esperto que isso. Enfim, tudo esse pressuposto feito para um final tão insatisfatório. E pensar que poderia ter sido uma despedida tão memorável. Quero dizer, se você e eu aprendemos algo nos últimos anos, é que na vida e na arte nada deve estar fora de questão. Não tivemos medo, não do que dissemos, não do que fizemos e ainda não temos medo. Porque posso lhe prometer isto: se não paguei o preço pelas coisas que ambos sabemos que fiz, certamente não pagarei o preço pelas coisas que não fiz“. Eita!

Apesar de todo o papo furado, a animosidade, as manchetes, o impeachment sem julgamento. Apesar de tudo, apesar da minha própria morte, sinto-me surpreendentemente bem. E a minha confiança cresce a cada dia e em breve, você saberá a verdade completa“, afirma Spacey em outro trecho do vídeo.

Espere um minuto… Agora que penso nisso… Você nunca realmente me viu morrer, não é? Conclusões podem ser tão enganadoras. Você sente minha falta?“, ele concluiu com esta questão. Veja:

De acordo com a revista People, recentemente, uma das supostas vítimas do astro resolveu encerrar o processo formal que movimentava contra o artista. Embora a decisão alivie um pouco a barra do astro, outras várias acusações continuam firme e forte e em breve ele deverá ser julgado por elas.