Tempestade destrói janelas de balsa na Alemanha, e vídeo assustador flagra invasão da água; assista

Um passageiro flagrou o momento em que uma onda arrebentou as janelas e invadiu a embarcação

Balsa Tempestade

A tempestade Ylenia tem causado muitos estragos na Europa. Nesta quinta-feira (17), um vídeo flagrou o momento em que as fortes ondas invadiram e quebraram as janelas de uma balsa na Alemanha. As imagens surpreendentes rodaram o mundo e viralizaram na web, com as cenas assustadoras.

De acordo com o Daily Mail, a embarcação seguia pelo rio Elba entre Hamburgo e Finkenwerder. Um passageiro estava filmando o trajeto e mostrou como a tempestade e os fortes ventos tornaram a viagem ainda mais assustadora. Até que, de repente, uma onda arrebentou as janelas dianteiras da balsa. Alguns passageiros estavam bem próximos do vidro e pelo menos três pessoas foram arrancadas de seus assentos pela força da água.

Continua depois da Publicidade

Depois do susto, enquanto a água invadia a balsa, algumas pessoas foram vistas pegando seus pertences e fugindo em direção à parte traseira da embarcação. Nas janelas, também era visível a força do vento no lado externo. Segundo a publicação, a tempestade provocou ventos de até 180 quilômetros por hora. Assista ao vídeo abaixo:

Um porta-voz da empresa Hadag and Hochbahn, responsável pela operação da balsa, informou ao veículo alemão MOPO que ninguém ficou ferido após o incidente. Entretanto, outros relatos sugerem que pelo menos um passageiro teve ferimentos leves. O episódio também fez com que grandes embarcações fossem impedidas de navegar por essa parte do rio, que conecta o porto de Hamburgo ao mar.

Continua depois da Publicidade

As tempestades que têm atingido a região central da Europa provocaram a morte de ao menos quatro pessoas nesta quinta-feira. Milhares de casas ficaram sem eletricidade no Reino Unido, enquanto na Alemanha, o tráfego aéreo e ferroviário de longa distância teve de ser cancelado. Meteorologistas alemães previram que a região nordeste do país poderia ter ventos com força de furacão, podendo atingir até 120 quilômetros por hora.