Tristeza! Daisy Coleman, jovem que relatou estupro na adolescência em documentário “Audrie & Daisy”, morre aos 23 anos; saiba detalhes

Que tristeza! Na noite desta terça-feira (04), Daisy Coleman, uma das adolescentes retratadas no documentário “Audrie & Daisy”, da Netflix, faleceu aos 23 anos. De acordo com o TMZ, Melinda, a mãe da jovem, confirmou que ela cometeu suicídio.

Segundo Melinda, o corpo de Daisy foi encontrado após sua mãe ter pedido aos policiais que checassem se a filha estava bem. “Ela era minha melhor amiga e uma filha incrível. Acho que ela teve que fazer parecer que eu poderia viver sem ela. Eu não consigo. Meu desejo era que eu pudesse tirar a dor dela!”, disse ela ao site.

No documentário “Audrie & Daisy”, Daisy Coleman relatou o estupro que viveu quando tinha apenas 14 anos. (Foto: Divulgação/Netflix)

Em “Audrie & Daisy”, Daisy relatou o caso de estupro que viveu quando tinha apenas 14 anos, após ter sido embriagada durante uma festa em Missouri. A produção, lançada em 2016, e que teve sua estreia no “Festival Sundance de Cinema”, expõe também como a jovem e os membros de sua família lidaram com o trauma e a reação hostil de sua comunidade. Desde então, ninguém foi condenado pelo crime.

Hoje, Melinda afirma que Daisy nunca superou o traumático episódio que lhe afligiu quando ainda era adolescente. “Ela nunca se recuperou do que aqueles meninos fizeram com ela e isso não é justo. Minha garotinha se foi”, lamentou a mãe em luto. Atualmente, a jovem trabalhava como tatuadora e modelo, além de participar em alguns eventos e debates sobre a proteção das crianças.

Daisy Coleman e seu irmão, Charlie, discursando no aniversário da instituição “World Childhood Foundation” em outubro de 2019. (Foto: Getty)

O tocante documentário da Netflix conta a história de dois casos de estupro, que aconteceram com duas adolescentes norte-americanas nos anos de 2011 e 2012. Além de Daisy, o longa retrata a história de Audrie Pott – que foi vítima do crime em setembro de 2012. Audrie, no entanto, cometeu suicídio 10 dias após o crime.

Confira o trailer “Audrie & Daisy”:

IMPORTANTE: Se você ou alguém que você conhece está passando por dificuldades emocionais ou considerando o suicídio, ligue para o ‘Centro de Valorização da Vida’ pelo número 188. O CVV realiza apoio emocional, atendendo voluntária e gratuitamente todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo por telefone, email e chat 24 horas todos os dias. Para mais informações, clique aqui.