Adele (Reprodução/Twitter)

Adele revela verdadeiro significado da música “Hello” em teaser de seu especial de TV; assista!

Hello… É ela: Adele! Seis anos desde o lançamento do hit “Hello”, terceiro single do álbum “25”, a cantora finalmente compartilhou o significado por trás da letra. Após muita especulação dos fãs e da imprensa, ela revelou tudo à Oprah Winfrey em uma prévia de seu especial, que vai ao ar na TV britânica em 14 de novembro.

“A canção, para mim, foi o começo da minha tentativa de me encontrar. E eu ainda não tinha descoberto o que tinha que fazer para isso. Quando a escrevi, era uma verdadeira ode a meu eu jovem, meu eu mais velho, a todas essas coisas. É apenas uma canção sobre, tipo, ‘eu ainda estou aqui, eu ainda existo em todos os aspectos da minha vida'”, explicou.

Adele também disse que colocar “Hello” como a primeira canção da apresentação fez sentido e foi a melhor escolha. “Acho que sempre vou ter que começar com ‘Hello’. Seria um pouco estranho se fosse na metade de um set. Então, sim, vou começar com ela”, garantiu ela, sobre a tracklist do especial. A canção em questão foi um enorme sucesso, chegando ao número um da Billboard Hot 100 e ganhando o Grammy.

Na prévia, a artista, inclusive, se choca ao descobrir que o videoclipe do hit foi visto quase 3 bilhões de vezes no YouTube: “Isso é insano”. Isso é o poder, Adele! Confira:

A britânica está prestes a lançar seu mais novo álbum, intitulado “30“, no dia 19 de novembro, após seis longos anos desde seu último trabalho. Antes disso, ela tem o especial da CBS de duas horas, o “Adele One Night Only”, no qual apresentará novas músicas, junto com alguns de seus maiores sucessos.

Adele Snl1
Adele terá um especial de duas horas na cbs. (Foto: Reprodução)

Além da apresentação, a produção mostrará a entrevista exclusiva com Winfrey, na qual a artista abriu o coração sobre as histórias por trás de suas novas músicas, a vida após o divórcio, a perda de peso e a criação de seu filho. “Vai ficar muito elegante, e então contarei um monte de piadas sujas. Será algo realmente atípico para eles”, brincou Adele sobre o projeto, enquanto Oprah garantiu que será “uma noite muito especial”. Assista a prévia:

Continua depois da Publicidade

“30”

Em 13 de outubro, Adele anunciou em suas redes sociais o lançamento do álbum “30“. “Eu certamente não estava nem perto de onde esperava estar quando comecei, quase três anos atrás. Muito pelo contrário, na verdade. Confio na rotina e na consistência para me sentir segura. Sempre confiei. E, no entanto, lá estava eu conscientemente — até de bom grado, me jogando em um labirinto de confusão absoluta e turbulência interior”, escreveu.

“Aprendi muitas verdades sobre mim mesma ao longo do caminho. Eu derrubei muitas camadas, mas também me envolvi em novas. Descobri mentalidades genuinamente úteis e saudáveis para lidar e sinto que finalmente encontrei meu feeling de novo. Eu diria que nunca me senti mais em paz em minha vida. Então, estou finalmente pronta para lançar este álbum”, afirmou.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Adele (@adele)

No bate-papo com a revista Vogue, a cantora disse que as músicas serão diferentes desta vez. Isso porque Adele está cansada de criticar seus ex-namorados nas letras. “Eu tenho que realmente me dirigir a mim agora, em vez de ficar tipo: ‘Seu maldito …’. Eu sinto que este álbum é sobre autodestruição. Depois, autorreflexão e, em seguida, uma espécie de autorredenção. Mas me sinto pronta. Eu realmente quero que as pessoas ouçam meu lado da história desta vez”, revelou.

Segundo a musa, ela gravou grande parte do disco para o filho, Angelo, de apenas 9 anos, que ficou muito confuso com o divórcio dos pais. “Meu filho tem muitas perguntas. Perguntas realmente boas, perguntas realmente inocentes, para as quais eu simplesmente não tenho uma resposta. ‘Por que vocês ainda não podem morar juntos?'”, lamentou Adele.

Adele estrelou a capa da Vogue britânica. (Foto: Reprodução / British Vogue)

A situação incentivou a diva a tentar comunicar sua versão dos fatos através da música. “Senti vontade de explicar a ele [Angelo], por meio desse álbum, quando ele estiver na casa dos 20 ou 30 anos, quem eu sou e por que escolhi voluntariamente desmantelar toda a sua vida em busca da minha própria felicidade. Isso o deixava muito infeliz às vezes. E essa é uma ferida real para mim que não sei se algum dia serei capaz de curar”, disse ela.