Ariana Grande teria emprestado vocais ao álbum póstumo do ex, Mac Miller, após morte dele em 2018; ouça e confira a reação dos fãs!

Nesta sexta-feira (17), foi lançado o último álbum de Mac Miller, que faleceu em 2018. Não demorou até que “Circles”, seu trabalho póstumo, fosse parar na boca – e nos ouvidos – dos fãs. Contudo, a produção chamou atenção por um suposto detalhe extra: a voz de Ariana Grande, ex do músico.

Alguns ouvintes acreditam ter escutado a voz da diva dentre as 12 faixas do disco. Mais especificamente na canção “I Can See”. Em alguns trechos da música, o rapper surge rimando com sua letra, enquanto vocais muito parecidos com os de Ari se destacam harmonizando no plano de fundo.

Mac Miller e Ariana Grande cantaram juntos no festival “One Love Manchester”, em 2017. (Foto: Getty Images/Dave Hogan)

Após as especulações, nem Ariana, nem a família de Mac se manifestaram sobre a questão. Ainda assim, os fãs se mostraram convencidos de que a dona do hit “Thank U, Next” seria a voz por trás do vocal – o que não seria uma surpresa. Ao longo de suas carreiras, os dois colaboraram diversas vezes, como em “The Way”, hit da estrela, e “My Favorite Part”, canção do astro. Ouça um trechinho de “I Can See” e tire suas conclusões:

Pela web, alguns já confirmaram a suspeita, após encontrar Ariana registrada como “background” na música no site “Genius”, que armazena dados sobre letras de canções. Olha só:

Após o lançamento, foram várias as reações emocionadas pela presença da cantora na canção do ex. Ainda mais considerando todas as vezes que Ari fez menções ao seu eterno amor, tanto antes, quanto depois de sua morte, assim como o rapper também fez referências à musa em “Circles”. Confira a repercussão entre internautas:

Apesar de não terem abordado a repercussão de “I Can See”, a família do artista se manifestou quanto ao álbum em um comunicado. “Ele trabalhou com Jon Brion, que, após ter ouvido algumas versões iniciais das músicas, esvaziou sua agenda para ajudar o Malcolm a ajustá-las. Depois que ele nos deixou, Jon se dedicou a finalizar o Circles, baseado no seu tempo e nas suas conversas com o Malcolm”, disseram os familiares de Miller.

“Somos eternamente gratos ao Jon e a todos os que deram o seu melhor para a difícil e emocionante tarefa de publicar todos os seus trabalhos. Esse é um processo complicado, que não tem resposta correta. Não tem uma trajetória clara. Nós simplesmente sabemos que era importante para o Malcolm que o mundo ouvisse isso”, concluíram. E ficamos gratos pelo esforço…

Ariana e Mac Miller enquanto ainda namoravam (Foto: Reprodução/Instagram)

Mac Miller morreu no dia 07 de setembro de 2018, aos 26 anos. Segundo o TMZ, o rapper veio a óbito após ter sofrido uma overdose acidental de drogas. Mesmo após sua partida, jamais esqueceremos seu trabalho na música, e ficamos felizes de poder conhecer mais facetas de sua criatividade.

Confira o álbum “Circles” na íntegra aqui: