Famosos

Mac Miller: Laudo aponta causa e detalhes da morte do rapper

Marina Amaro - Publicado em 05/11/2018 às 16:14
Compartilhe: Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Pinterest Compartilhar no Whatsapp Compartilhar no E-mail

Nesta segunda-feira (5), o TMZ revelou detalhes sobre a morte do rapper Mac Miller, encontrados nos relatórios da autópsia e da polícia. De acordo com as anotações, o assistente do cantor o encontrou inconsciente em sua cama, após uma overdose causada por mistura fatal de drogas e álcool.

De acordo com o TMZ, Mac não teria morrido pela quantidade que usou das substâncias, mas pela combinação letal de duas: fentanil e cocaína. Álcool também foi encontrado em seu organismo. A morte foi categorizada como overdose acidental.

Mac Miller em apresentação. (Foto: Kevin Winter/Getty Images)

Como contamos anteriormente, Mac morreu em setembro, aos 26 anos de idade. Seu corpo foi encontrado em um quarto de sua casa em San Fernando Valley e ele foi dado como morto na hora. Áudio gravado do serviço de emergência revelou que os paramédicos foram chamados para um paciente com parada cardíaca.

Ariana e Mac Miller. (Foto: Reprodução/Instagram)

Mac lutava contra o vício em drogas há anos e foi o que levou ao fim seu relacionamento com Ariana Grande. Em maio, ele foi preso por dirigir embriagado e fugir do local depois de bater o carro. Na época, Ariana tuitou “por favor, se cuida”, mostrando preocupação a respeito da sobriedade do ex-namorado.

Que história triste, né? Que Mac Miller descanse em paz!

*Leia também:

— Ariana Grande lança música sobre ex-noivo Pete Davidson e ex-namorado Mac Miller, falecido em setembro: ‘thank u, next’

— Ariana Grande compartilha vídeo com lembrança de Mac Miller dias após terminar com Pete Davidson

— Morte de Mac Miller foi decisiva para término de Ariana e Pete Davidson, diz TMZ