Histórico! RBD se reúne após 12 anos do fim do grupo em live nostálgica e repleta de hinos da carreira – Assista e confira tudo o que rolou!

Uma noite para ficar na memória dos fãs da música pop! Após 12 anos do fim do RBD, Anahí, Christian Chávez, Christopher Uckermann e Maite Perroni se reuniram num palco pela primeira vez para fazer um tributo à trajetória do grupo. Neste sábado (26), a live show “Ser o Parecer” reuniu milhares de admiradores globo afora, para relembrar os maiores sucessos da banda e matar as saudades deles juntinhos, que não era pouca!

Por questões pessoais, Alfonso Herrera e Dulce María optaram por não participar do projeto com os amigos. Recentemente, a cantora virou mamãe pela primeira vez, e o ator deu as boas-vindas ao seu segundo filho no início deste mês. Para homenagear a dupla, o RBD cantou “No Pares”, originalmente gravada apenas com os vocais de Dulce, em uma versão acústica e emocionante. Isso sem falar nos diversos registros dos amigos que foram exibidos na tela. “Dedicamos com muito amor aos nossos companheiros de viagem, que sempre farão parte do RBD”, disse Christopher.

Para a transmissão online, os cantores tiveram um grande desafio: a setlist! Com tantos singles queridos pelos fãs, selecionar quais músicas entrariam no show não deve ter sido nada fácil. Muitas ficaram de fora, mas os hinos “Ser o Parecer”, “Solo Quédate en Silencio”, “Este Corazón”, “Rebelde”, “Aún Hay Algo”, “Nuestro Amor” e “Tras de Mí” com certeza fizeram muita gente cantar em casa durante a live, que durou pouco mais de uma hora e meia.

Claro que “Siempre He Estado Aquí”, primeira faixa inédita do grupo em 12 anos, também foi incluída no repertório. Para a apresentação, diversos vídeos protagonizados por fãs no Tik Tok, cantando a música foram exibidos no cenário virtual. Homenagem mais que merecida, uma vez que a composição fala justamente sobre o amor de todas as pessoas que acompanharam o RBD.

Continua depois da Publicidade

Em um dos momentos mais emocionantes da noite, Anahí entoou o hino “Salva-me”, acompanhada de uma orquestra, e quase não conseguiu segurar as lágrimas com um discurso de arrepiar. “Se estamos aqui é porque vale continuar lutando. Essa canção tem um significado, que apesar dos momentos mais obscuros sempre podemos encontrar a luz, a fé, o amor. Vale a pena lutar, vale a pena sonhar. Quero um planeta para todas as crianças do mundo com esperança, magia, liberdade. Precisamos crer numa força maior que nós todos”, disse em um trecho. Além disso, ela chamou os outros três cantores para dividirem os vocais finais da faixa juntos.

A live também mostrou que a versão 2020 do RBD acompanhou a evolução do tempo direitinho. Ficaram para trás os looks coloridos e divertidos, e entraram produções bem mais chiques, com muito brilho, alfaiataria e vestidos de gala. Até mesmo para a performance do hino “Rebelde”, o grupo deixou guardado no armário o uniforme que era usado na novela mexicana, e apareceram com peças inspiradas no militarismo.

E a repaginada não foi apenas no visual, não… Quase todas as músicas ganharam releituras inéditas, e até inesperadas… “Enseñame”, por exemplo, flertou com as batidas do reggae. Já “Tu Amor”, solo de Christian Chávez, ficou mais dançante. “Inalcanzable”, que originalmente era cantada por todos os músicos, foi apresentada apenas por Christopher Uckermann no piano em uma versão mais dramática.

Continua depois da Publicidade

Confira a setlist completa e os respectivos vídeos: 

– “Ser o Parecer”

– “Solo Quédate en Silencio”

– “Bésame sin Miedo”

– “Enseñame”

Continua depois da Publicidade

– “Inalcanzable”

– “Tu Amor”

– “Empezar Desde Cero”

– “Aún Hay Algo”

– “Este Corazón”

– “Un Poco de Tu Amor”

– “Tras de Mí”

– “No Pares”

– “Siempre He Estado Aquí”

– “Nuestro Amor”

Continua depois da Publicidade

– “Salva-Me”

– “Rebelde”