Música

Provocou! Madonna arrasa na grande final do ‘Eurovision’ com performance politizada de ‘Future’, nova e ótima música com Quavo; vem assistir

Pedro Hosken - Publicado em 18/05/2019 às 20:35
Compartilhe: Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Pinterest Compartilhar no Whatsapp Compartilhar no E-mail

Rainha politizada! Na tarde deste sábado (18), Madonna subiu ao palco da grande final da “Eurovision Song Contest”, a maior competição de Canção do mundo. Na cerimônia, apresentada de Tel Aviv, Israel, a Rainha do Pop relembrou o hino “Like a Prayer”, de 1989 e entoou os versos da recém-lançada “Future”, parceria com o rapper Quavo, do Migos.

Na primeira parte da performance, elementos do cenário remetiam a uma igreja antiga, enquanto dançarinos trajavam vestes tradicionais de monge. Em seguida, ao apresentar “Future”, Madonna trouxe sua maior provocação: colocou dois homens, um usando uma bandeira de Israel, e o outro, da Palestina, para andarem de mão dadas. A loira deixou o recado mais claro, ao sussurrar no final: “Acordem“. Assista:

Maravilhosa, né?! Antes da performance, em conversa com o apresentador do concurso, Madonna já havia ressaltado a importância da união entre os povos. “Olhe para todo mundo que está aqui. Tem gente do mundo inteiro. E o que une todas essas pessoas é a música. Então, nunca subestimemos o poder da música para unir as pessoas”, celebrou, entoando em seguida o refrão de “Music”, de 2003.

Criado em 1956, o Eurovision é um amado concurso global em que os países competem entre si pela melhor música original. Cada nação envia uma canção que é executada ao vivo no programa. Depois, os espectadores de cada país podem votar nos seus favoritos, com exceção da música de sua própria nação. O país detentor da música mais votada é declarado vencedor. O show ao vivo é assistido por cerca de 200 milhões de espectadores em todo o mundo.

Na final deste sábado (18), a Holanda, representada pelo cantor Duncan Laurence, se sagrou campeã com a música “Arcade”!