PCB

Power Couple Brasil 6: Voto gera discórdia, e primeira formação de DR termina com barraco e gritaria de Hadson e Brenda: “Idiota!”; assista

Para justificar seu voto, Cartolouco relembrou a primeira briga da temporada, o que gerou uma nova discussão

O clima entre Hadson Nery e Eliza, e Brenda Paixão e Matheus Sampaio continua tenso no “Power Couple Brasil”… Depois de Hadballa e Matheus quase partirem para agressão e serem contidos pelos outros participantes, os casais discutiram novamente nesta quarta-feira (11), durante a formação da primeira DR. Tudo começou quando Lucas Cartolouco usou a briga para justificar seu voto em Adryana Ribeiro e Albert Bressan.

“Aqui tem que votar mesmo e a gente não vai correr do jogo. Dri (Galisteu), a nossa decisão de voto vai ser na Dry e o Albert por um desentendimento que aconteceu domingo no quebra-power. A Brenda e a Karol estavam brigando muito feio, discutindo muito. Eu fui separar e na hora que eu voltei, ouvi o Albert falar: ‘Deixa brigar, deixa se bater mesmo’. Aquilo me chocou porque é uma pessoa que bate na tecla de jogo franco, do jogo limpo”, explicou o jornalista.

Em sua justificativa, Lucas ainda afirmou que preferiu manter a história para si, do que sair como “fofoqueiro”: “Não sou fofoqueiro e não quis levar nada para ninguém. Porque o que aconteceu ali, na hora indaguei o Albert. Gosto muito dos dois. A Adryana é super gente boa, o Albert é super gente boa também, mas aquilo não faz parte de jogo limpo. É jogo feio! Você não pode querer ganhar de ninguém querendo que os outros se batam e se matem, porque acho que o intuito não é esse. O jogo tem que ser limpo e o comentário me magoou. Por isso, eu e a Gabriela votamos neles”, disse.

Albert Bressan não gostou da justificativa e pediu a palavra para explicar sua reação durante a briga. “O que eu falei foi em referência ao Had e ao Matheus, que começaram a apartar e deu aquele bafafá. Eu falei: ‘Deixem que se resolvam, deixem que se peguem’. Começou um movimento e não foi nesse aspecto [de brigarem], porque os dois tinham que se resolver. Se alguém aqui bater em alguém, primeiro que está fora e perde um monte de coisa. Então, eu queria estimular. Quero ver quem tem coragem, porque apontar o dedo e usar a força é muito fácil. Agora isso aqui (a cabeça) é difícil”, afirmou.

Continua depois da Publicidade

O marido de Adryana ainda aproveitou para alfinetar Cartolouco, que destruiu parte do cenário na última dinâmica. “Não adianta pregar amor, fazer VT para um monte de gente e depois derrubar uma prateleira com a foto de todo mundo. Isso também nos ofende, todos os participantes e a produção que se empenha em fazer um cenário impecável. O que importa para mim são as atitudes. O Cartola às vezes pesa nas tintas, respeito ele, era meu vizinho de quarto e falei que era fã dele. Eu chamei ele para conversar: ‘Gostaria de aprofundar um pouco mais a nossa amizade’. E ele saiu andando”, continuou.

Cartolouco reagiu à acusação, afirmando que não se lembrava de derrubar a placa. “Pois é, tem coisas que você não lembra, mas eu lembro. Você só lembra o que te interessa”, rebateu Albert. “Não. Eu, inclusive, taquei a placa no chão porque você não levantou em nem um momento para separar uma briga que estava acontecendo”, afirmou o jornalista. “Eu? Nunca vou separar, porque cada um é responsável pelos seus atos“, justificou o marido de Adryana Ribeiro.

Continua depois da Publicidade

Adriane Galisteu até tentou colocar um ponto final na briga, mas Lucas pediu a palavra e citou o nome de Hadson e Matheus, que se exaltaram e começaram uma nova discussão. “Dri, deixa eu falar uma coisa. Ele falou que eu joguei a placa no chão, sabe por quê? Porque o Matheus e o Hadballa, duas pessoas que eu adoro aqui, iam se pegar na porrada. Falei: ‘vou jogar a placa no chão para acabar isso e separar a briga'”, afirmou.

“Eu ia me pegar na porrada com o Hadaballa não. Quem veio pra cima de mim foi ele”, lembrou Matheus, que até então só ouvia. “Quem foi para cima de você?”, perguntou o ex-BBB, que se irritou ao ver Brenda falando também. “Deixa ele falar, idiota”, disparou.

Continua depois da Publicidade

Foi aí que a treta tomou conta de vez da mansão power… Irada com a discussão, Brenda começou a gritar com Hadson: “Não começa a ofender, Hadballa”. “Eu falo a hora que eu quiser”, devolveu ele. “Não começa a ofender, não”, reforçou a ex-Brincando com Fogo. “Deixem eu falar”, gritou Cartolouco, sem sucesso. “Você não vale nada”, tornou a disparar Hadballa para Brenda. Eitaaa, que tá pegando fogo! Espia só:

Para apaziguar os ânimos e ajudar Galisteu a dar continuidade, Dinei saiu gritando pela casa, pedindo que os colegas fizessem silêncio. Na votação da primeira DR da temporada, Daia e Mila, Nahim e Andreia e Albert e Adryana foram os escolhidos pela casa e dependem do apoio do público para não serem eliminados hoje (12), durante o programa ao vivo.