Fotojet (4)

BRIT Awards 2022: Adele brilha ao fazer primeira e emocionante performance do HINO “I Drink Wine”; assista!

Cantora ainda liderou o número de indicações da noite, aparecendo em quatro categorias diferentes

A maior! O comeback de Adele tem sido tudo que seus fãs aguardavam nos últimos seis anos, desde o lançamento do álbum “25”. Nesta terça-feira (8), por exemplo, a estrela fez questão de marcar presença no palco da 42ª edição do BRIT Awards, que aconteceu em Londres, e fez uma performance de tirar o fôlego para a faixa “I Drink Wine”.

Tratando-se da diva, pouca coisa é necessária para ela entregar uma apresentação inesquecível. E hoje não foi diferente! Acompanhada apenas por um pianista e um trio de backing vocals, Adele surgiu no palco belíssima a bordo de um vestido dourado, e soltou a voz para cantar uma das músicas mais queridas pelos seus fãs no seu último disco lançado. “‘I Drink Wine’ é uma música sobre como se livrar do ego, que se completa com um toque dos anos 70 de Elton John e Bernie Taupin”, definiu a artista em entrevista para a Rolling Stone.

Assista ao show:

Como não poderia deixar de ser, Adele dominou a lista de indicações, aparecendo em quatro categorias: “Artista de Pop e R&B”, “Artista do Ano”, “Álbum do Ano” graças ao “30”, e “Canção do Ano” com o hino “Easy On Me”. Inclusive, a britânica faturou a estatueta dessas últimas três nomeações.

O histórico da artista não poderia ser mais bem-sucedido na premiação. Das 14 indicações que recebeu nos últimos anos, ela já venceu 9 vezes. Agora, a coleção de troféus ficou ainda maior!

A cantora tem vivido um momento extremamente próspero em sua carreira, mas precisou lidar com um grande obstáculo recentemente. Na véspera da estreia de sua residência em Las Vegas, Adele adiou indefinidamente todos os shows, alegando que a apresentação não estava pronta, e ainda destacou a Covid-19 como um dos principais fatores no atraso, já que metade da equipe adoeceu.

Continua depois da Publicidade

O TMZ, no entanto, conversou com fontes do Caesars Palace, cassino em que aconteceria os shows, e relatou que o cancelamento estava mais ligado à insatisfação de Adele com os rumos da produção. Ela estaria descontente com diversos aspectos, entre eles cenários, um coral, o sistema de som, entre outros detalhes. “Ela sentiu que vários elementos ‘não eram bons o suficiente’ [para seguir em frente com as performances]”, entregou um insider. Saiba mais detalhes sobre essa história, clicando aqui!