Globo de Ouro 2021: Prêmio póstumo para Chadwick Boseman emociona; “The Crown”, “Schitt’s Creek” e “Nomadland” se destacam — confira a lista dos vencedores!

Após um ano atípico, a temporada de premiações de 2021 finalmente teve seu pontapé inicial! A 78ª edição do “Globo de Ouro” aconteceu neste domingo (28), coroando os maiores sucessos da TV e do Cinema, de acordo com a opinião da imprensa estrangeira de Hollywood. Em um dos momentos mais marcantes, a viúva de Chadwick Boseman aceitou o prêmio de “Melhor Ator em Filme de Drama” em seu nome. Já a produção mais premiada da noite foi “The Crown”, que recebeu um total de quatro estatuetas.

Além do trabalho ser nomeado a “Melhor Série de Drama”, os astros Emma Corrin, Josh O’Connor e Gillian Anderson também se destacaram ao levar a melhor nas categorias de “Melhor Atriz em Série de Drama”, “Melhor Ator em Série de Drama” e “Melhor Atriz Coadjuvante em Série”, pelos papeis de princesa Diana, príncipe Charles e Margaret Thatcher, respectivamente.

“The Crown” foi a grande vitoriosa, ao retratar a época em que Lady Di entrou na família real. (Foto: Divulgação/Netflix)

Continua depois da Publicidade

Entre as categorias de TV, “Schitt’s Creek” veio logo na sequência ao levar três estatuetas, incluindo “Melhor Série de Comédia ou Musical”. O sucesso de audiência da Netflix, “O Gambito da Rainha”, também não ficou para trás, garantindo duas vitórias: “Melhor Minissérie ou Filme para TV” e “Melhor Atriz em Minissérie ou Filme para TV”, com Anya-Taylor Joy.

No termômetro para o “Oscar”, “Nomadland” levou o prêmio de “Melhor Filme de Drama” e “Melhor Direção”. (Foto: Reprodução/Searchlight)

Já quando se trata de Cinema, “Nomadland” ganhou em duas categorias, incluindo o prestigiado prêmio de “Melhor Filme de Drama”. A diretora Chloé Zhao, por sua vez, fez história ao ser a segunda mulher – na história – a levar a estatueta de “Melhor Direção”, e a primeira mulher não branca a receber o troféu. Os longas “Borat: Fita de Cinema Seguinte” e a animação da Pixar, “Soul”, também empataram ao vencer duas indicações cada um.

BBB21: Quem você quer que seja eliminado?

  • Lumena (62%, 50.427 Votes)
  • Projota (34%, 27.784 Votes)
  • Arthur (3%, 2.708 Votes)

Total Voters: 80.919

Vote

Carregando ... Carregando ...

Novo formato e problemas de conexão? Check!

Amy Poehler e Tina Fey repetiram a dose de sucesso de anos anteriores, apresentando novamente uma das grandes noites de Hollywood. No entanto, desta vez as duas ficaram fisicamente separadas – Poehler comandou a cerimônia no Beverly Hilton Hotel, em Los Angeles, enquanto Fey fez sua participação diretamente de Rainbow Room do Rockefeller Center, em Nova York. Mesmo com a presença de alguns convidados, muitos dos indicados e outros artistas participaram do evento diretamente de suas casas. É o famoso esquema do home office!

Mas quem disse que os astros de Hollywood também não têm problemas de conexão? Ao receber seu prêmio de “Melhor Ator Coadjuvante em Filme”, Daniel Kaluuya enfrentou uma instabilidade na chamada de vídeo e seu áudio não entrou no ar. “Como vocês podem ver, nós tivemos um problema com a conexão. Pedimos desculpas por esse erro técnico”, disse Laura Dern no palco. No entanto, o erro foi corrigido e o astro de “Judas e o Messias Negro” conseguiu se expressar. “Agora vocês me ouvem? Muito bem!”, comentou após pedir a palavra novamente. Ele também fez referência a Nipsey Hussle no discurso: “Dei o meu melhor, como o grande Nipsey diria: ‘Estamos aqui para dar tudo até que estejamos vazios’, e eu dei tudo”.

Continua depois da Publicidade

Homenagem para Jane Fonda e prêmio póstumo para Chadwick Boseman

Um dos momentos mais especiais foi quando Jane Fonda foi homenageada com o “Prêmio Cecil B. De Mille”, por sua brilhante carreira. Ao receber seu prêmio, a estrela fez um belo discurso pedindo por mais inclusão na indústria. “Precisamos reconhecer a diversidade… Vamos todos fazer um esforço pra expandir essa tenda, para que todos sejam enaltecidos e que todos tenham a chance de serem vistos e ouvidos”, declarou. Norman Lear, aos 98 anos, também foi agraciado com o “Prêmio Carol Burnett”, graças a toda sua contribuição para o universo televisivo.

Jane Fonda fez um discurso poderoso sobre inclusão e diversidade nas histórias contadas por Hollywood. (Foto: Reprodução/TNT)

A esposa de Chadwick Boseman, Taylor Simone Ledward, protagonizou um momento comovente, quando foi às lágrimas ao receber o prêmio póstumo do astro, na categoria “Melhor Ator em Filme de Drama” por “A Voz Suprema do Blues”. “Ele agradeceria a Deus, aos seus pais, aos seus ancestrais”, iniciou ela. “Ele diria alguma coisa linda, inspiradora, alguma coisa que amplificaria aquela voz dentro de nós, dizendo que podemos seguir em frente e que nos chama de volta ao nosso propósito”, acrescentou Taylor, que também deixou seu “recado” ao marido. “Eu não tenho as palavras dele, mas temos que celebrar a todo momento a todos que amamos. Querido, mantenha tudo isso vivo. Continue isso”, concluiu.

Críticas à organização do “Globo de Ouro”

Apesar do glamour, o “Globo de Ouro 2021” acontece dias após uma grave acusação à Associação de Imprensa Estrangeira de Hollywood (HFPA) – responsável pela premiação e pela escolha dos vencedores. Na última semana, a HFPA foi acusada de corrupção, em decorrência das nomeações de séries como “Emily em Paris”, enquanto produções muito aclamadas, como “I May Destroy You”, ficaram de fora da disputa. Entenda o caso, clicando aqui.

Continua depois da Publicidade

Além disso, houve duras críticas pelo fato de nenhum dos 87 membros da HFPA ser negro. Os posicionamentos começaram já no monólogo das apresentadoras, que soltaram algumas alfinetadas, e deram a letra sobre o assunto: “A inclusão é importante e não há membros negros na HFPA. Vocês precisam mudar isso, então vamos mudar”. Em meio às polêmicas, representantes da associação fizeram um discurso muito breve, prometendo dialogar com comunidades e angariar mais membros para aumentar a representatividade no órgão. “Sabemos que temos muito trabalho a fazer. Como no cinema e na TV, sabemos a importância da representatividade negra”, disseram.

Confira a lista dos vencedores abaixo:

CINEMA

Melhor Filme de Drama

“The Father”
“Mank”
“Nomadland” – VENCEU
“Promising Young Woman”
“Os Sete de Chicago”

Melhor Atriz em Filme de Drama

Viola Davis — “A Voz Suprema do Blues”
Andra Day — “The United States vs. Billie Holiday” – VENCEU
Vanessa Kirby — “Pieces of a Woman”
Frances McDormand — “Nomadland”
Carey Mulligan — “Bela vingança”

Melhor Ator em Filme de Drama

Riz Ahmed – “O Som do Silêncio”
Chadwick Boseman – “A Voz Suprema do Blues” – VENCEU
Anthony Hopkins – “Meu Pai”
Gary Oldman – “Mank”
Tahar Rahim – “The Mauritanian”

Continua depois da Publicidade

Melhor Atriz Coadjuvante em Filme

Glenn Close – “Hillbilly Elegy”
Olivia Colman – “Meu Pai”
Jodie Foster – “The Mauritanian” – VENCEU
Amanda Seyfried – “Mank”
Helena Zengel – “News of the World”

Melhor Ator Coadjuvante em Filme

Sacha Baron Cohen – “Os Sete de Chicago”
Daniel Kaluuya – “Judas e o Messias Negro” – VENCEU
Jared Leto – “Pequenos Vestígios”
Bill Murray – “On The Rocks”
Leslie Odom Jr. – “One Night in Miami”

Melhor Direção

Emerald Fennell – “Promising Young Woman”
David Fincher – “Mank”
Chloé Zhao – “Nomadland” – VENCEU
Regina King – “One Night in Miami”
Aaron Sorkin – “Os Sete de Chicago”

Melhor Roteiro em Filme

“Promising Young Woman”
“Mank”
“Os Sete de Chicago” – VENCEU
“Meu Pai”
“Nomadland”

Melhor Animação

“Os Croods 2: Uma Nova Era”
“Dois Irmãos”
“A Caminho da Lua”
“Soul” – VENCEU
“Wolfwalkers”

Melhor Filme em Língua Estrangeira

“Another Round” – Dinamarca
“La Llorona” – França, Guatemala
“Rosa e Momo” – Itália
“Minari” – EUA – VENCEU
“Two of Us” – EUA, França

Melhor Trilha Sonora em Filme

“The Midnight Sky”
“Tenet”
“News of the World”
“Mank”
“Soul” – VENCEU

Melhor Canção em Filme

“Fight for You” – Judas e o Messias Negro
“Hear My Voice” – Os Sete de Chicago
“Io Sí (Seen)” – Rosa e Momo – VENCEU
“Speak Now” – One Night in Miami
“Tigress & Tweed” – The United States vs. Billie Holiday

Melhor Filme de Comédia ou Musical

“Borat: Fita de Cinema Seguinte” – VENCEU
“Hamilton”
“Music”
“Palm Springs”
“The Prom”

Melhor Atriz em Filme de Comédia ou Musical

Maria Bakalova – “Borat: Fita de Cinema Seguinte”
Kate Hudson – “Music”
Michelle Pfeiffer – “French Exit”
Rosamund Pike – “I Care a Lot” – VENCEU
Anya Taylor-Joy – “Emma”

Melhor Ator em Filme de Comédia ou Musical

Sacha Baron Cohen – “Borat: Fita de Cinema Seguinte” – VENCEU
James Corden – “The Prom”
Lin-Manuel Miranda – “Hamilton”
Dev Patel – “Personal History of David Copperfield”
Andy Samberg – “Palm Springs”

Continua depois da Publicidade

TELEVISÃO

Melhor Série de Drama

“The Mandalorian”
“The Crown” – VENCEU
“Lovecraft Country”
“Ozark”
“Ratched”

Melhor Atriz em Série de Drama

Emma Corrin – “The Crown” – VENCEU
Olivia Colman – “The Crown”
Jodie Comer – “Killing Eve”
Laura Linney – “Ozark”
Sarah Paulson – “Ratched”

Melhor Ator em Série de Drama

Jason Bateman – “Ozark”
Josh O’Connor – “The Crown” – VENCEU
Bob Odenkirk – “Better Call Saul”
Matthew Rhys – “Perry Mason”
Al Pacino – “Hunters”

Melhor Atriz Coadjuvante em Série

Gillian Anderson – “The Crown” – VENCEU
Helena Bonham Carter – “The Crown”
Julia Garner – “Ozark”
Annie Murphy – “Schitt’s Creek”
Cynthia Nixon – “Ratched”

Melhor Ator Coadjuvante em Série

John Boyega – “Small Axe” – VENCEU
Brendan Gleeson – “The Comedy Rule”
Daniel Levy – “Schitt’s Creek”
Jim Parsons – “Hollywood”
Donald Sutherland – “The Undoing”

Melhor Série de Comédia ou Musical

“Emily em Paris”
“The Flight Attendant”
“Schitt’s Creek” – VENCEU
“The Great”
“Ted Lasso”

Continua depois da Publicidade

Melhor Atriz em Série de Comédia ou Musical

Lily Collins – “Emily em Paris”
Kaley Cuoco – “The Flight Attendant”
Elle Fanning – “The Great”
Jane Levy – “Zoey’s Extraordinary Playlist”
Catherine O’Hara – “Schitt’s Creek” – VENCEU

Melhor Ator em Série de Comédia ou Musical

Don Cheadle – “Black Monday”
Nicholas Hoult – “The Great”
Eugene Levy – “Schitt’s Creek”
Jason Sudeikis – “Ted Lasso” – VENCEU
Ramy Youssef – “Ramy”

Melhor Minissérie ou Filme para TV

“Normal People”
“O Gambito da Rainha” – VENCEU
“Small Axe”
“The Undoing”
“Unorthodox”

Melhor Atriz em Minissérie ou Filme para TV

Cate Blanchett – “Mrs. America”
Daisy Edgar-Jones – “Normal People”
Shira Haas – “Unorthodox”
Nicole Kidman – “The Undoing”
Anya Taylor-Joy – “O Gambito da Rainha” – VENCEU

Melhor Ator em Minissérie ou Filme para TV

Bryan Cranston – “Your Honor”
Jeff Daniels – “The Comedy Rule”
Hugh Grant – “The Undoing”
Ethan Hawke – “The Good Lord Bird”
Mark Ruffalo – “I Know This Much is True” – VENCEU

Prêmio Cecil B. De Mille

Jane Fonda

Prêmio Carol Burnett

Norman Lear