Fotojet

Jada Pinkett Smith se manifesta após tapa de Will Smith em Chris Rock no Oscar; confira

Rock fez piada com careca de Jada, que sofre de uma doença autoimune, e levou um tapa de Will Smith

A briga entre Will Smith e Chris Rock durante a cerimônia do Oscar segue rendendo. O astro de “Um Maluco no Pedaço” subiu ao palco e desferiu um tapa no rosto do comediante, após Rock fazer uma piada sobre Jada Pinkett Smith, esposa de Will. Nesta terça-feira (29), a própria atriz se manifestou sobre o ocorrido, que dividiu opiniões em Hollywood e movimentou as redes sociais.

“Este é um tempo de cura, e estou aqui para isso”, diz a imagem publicada no Instagram dela. Apesar da publicação, Jada não citou diretamente o que aconteceu na cerimônia.

Ontem (28), Will Smith também quebrou o silêncio para comentar o caso. O artista assumiu que a reação agressiva foi lamentável, mas admitiu que não conseguiu se segurar quando viu a doença da sua esposa sendo usada daquela forma em rede nacional: “A violência em todas as suas formas é venenosa e destrutiva. Meu comportamento no Oscar de ontem à noite foi inaceitável e imperdoável. Piadas às minhas custas fazem parte do trabalho, mas uma piada sobre a condição médica de Jada era demais para mim e reagi emocionalmente”. Na sequência, ele pediu desculpas públicas para Chris Rock.

“Eu gostaria de me desculpar publicamente com você, Chris. Eu estava fora da linha e estava errado. Estou envergonhado e minhas ações não foram indicativas do homem que quero ser. Não há lugar para violência em um mundo de amor e bondade. Também gostaria de pedir desculpas à Academia, aos produtores do programa, a todos os participantes e a todos que assistem ao redor do mundo”, compartilhou.

O artista reservou uma desculpa em especial à família de Venus e Serena Williams, cuja história serviu de inspiração para o filme “King Richard: Criando Campeãs”, e rendeu ao ator um dos Oscar mais disputados da noite. “Eu gostaria de me desculpar com a Família Williams e minha Família [do filme] ‘King Richard’. Lamento profundamente que meu comportamento tenha manchado o que tem sido uma jornada linda para todos nós. Eu sou um trabalho em andamento”, encerrou.

Continua depois da Publicidade

Durante a premiação, Chris Rock entrou no palco para apresentar uma das categorias, mas em seu discurso introdutório, ele fez uma “brincadeira” dizendo que Jada Pinkett Smith poderia protagonizar a sequência de “Até o Limite da Honra”, filme em que Demi Moore raspou a cabeça.

Will Smith se levantou e foi até o comediante para dar um forte tapa na cara. Depois, foi possível ouvi-lo dizer: “Mantenha o nome da minha mulher fora da m*rda da tua boca!”. Um climão foi instaurado automaticamente, com os demais artistas se dando conta de que a treta havia sido séria. Assista:

Em “Até o Limite da Honra”, dos anos 90, a protagonista raspa o cabelo para se tornar a primeira mulher da Marinha dos EUA. Jada, por sua vez, anunciou no ano passado que raspou a cabeça depois de ter lutado contra a alopecia, uma doença autoimune, caracterizada principalmente pela queda de cabelo. “Todos sabem que tenho lutado contra a alopecia. De repente, um dia… apareceu assim. Agora, isto vai ser um pouco mais difícil para mim de esconder. Por isso, pensei em compartilhar para que vocês não façam perguntas”, disse ela, na ocasião.