Oscar 2021: “Nomadland” é o grande vencedor da noite! “Meu Pai” e “Soul” também são destaques; confira a lista completa!

Neste domingo (25), diretamente de Los Angeles, aconteceu a 93ª edição do Oscar, cerimônia de maior prestígio do universo cinematográfico! Devido à pandemia, o evento teve de passar por algumas adaptações, mas não deixou de lado todo o glamour que estamos acostumados a ver. O evento, inclusive, apostou em detalhes como exibir créditos de abertura, com os nomes dos apresentadores da noite, assim como usar filtro nas imagens das câmeras, para simular um filme ao vivo! Bacana, né?!

O grande destaque da noite foi “Nomadland”, que faturou o troféu de “Melhor Filme” e premiou Frances McDormand como “Melhor Atriz”, e Chloé Zhao com o Oscar de “Melhor Direção”. Vale ressaltar que a diretora chinesa se tornou a segunda mulher na história a conquistar tal estatueta. A primeira foi Kathryn Bigelow, em 2010, pelo filme “Guerra ao Terror”. Zhao e Emerald Fennell (“Bela Vingança”) também fizeram história ao serem indicadas neste ano, já que nunca antes duas mulheres disputaram juntas pelo prêmio.

Filmaço, né?! Todos os três prêmios muito merecidos! (Foto: Divulgação)

O longa “Meu Pai” apareceu logo em seguida, com duas vitórias, por “Melhor Roteiro Adaptado” e “Melhor Ator”, para o trabalho de Anthony Hopkins. A animação “Soul” também se destacou, ao ser premiada com as estatuetas de “Melhor Animação” e “Melhor Trilha Sonora Original”. O grande líder de indicações da vez, “Mank”, acabou faturando apenas duas das dez categorias nas quais concorria. Foram elas “Melhor Direção de Arte” e “Melhor Fotografia”.

E aí, seus favoritos foram reconhecidos? (Foto: Divulgação)

Momentos divertidos  

Daniel Kaluuya ganhou seu primeiro Oscar, de “Melhor Ator Coadjuvante por “Judas e o Messias Negro”, nesta noite. Ao final de seu discurso, ele celebrou a vida e acabou mencionando os pais, de uma maneira, no mínimo, engraçada. “Vamos celebrar a vida, cara. Estamos andando e respirando. A vida é incrível! Tipo, minha mãe e meu pai transaram, é incrível! Sabe o que quero dizer, eu estou aqui! Estou muito feliz de estar vivo!”, declarou, tirando risadas dos presentes.

Damalie Namusoke, mãe do ator que era filmada enquanto assistia ao discurso, se espantou ao ouvir as palavras do filho e teve a melhor e mais espontânea reação! “Do que é que ele está falando?!”, indagou ela, com um semblante confuso no rosto. A irmã de Kaluuya, por sua vez, riu e cobriu o rosto com as mãos, envergonhada. A cena, claro, logo viralizou nas redes sociais. Confira:

Glenn Close, por sua vez, não levou a estatueta pela qual concorria, de “Melhor Atriz Coadjuvante”, mas com certeza marcou a premiação ao dançar e arrasar no rebolado, durante um dos blocos da cerimônia. Icônica demais!

In Memorian

Não poderia ficar de fora o momento de homenagear os artistas que, infelizmente, nos deixaram entre 2020 e 2021. Grandes nomes como Helen McCrory, Fred Willard, Sean Connery e Chadwick Boseman foram lembrados no emocionante vídeo. Assista:

 

Confira abaixo a lista completa de vencedores do Oscar 2021:

Melhor Filme

“Nomadland” – VENCEDOR
“Meu Pai”
“Judas e o Messias Negro”
“Mank”
“Minari”
“Bela Vingança”
“O Som do Silêncio”
“Os 7 de Chicago”

Melhor Atriz

Frances McDormand – “Nomadland” – VENCEDORA
Viola Davis – “A Voz Suprema do Blues”
Andra Day – “The United States vs. Billie Holiday”
Vanessa Kirby – “Pieces of a Woman”
Carey Mulligan – “Bela Vingança”

Melhor Ator

Anthony Hopkins – “Meu Pai” – VENCEDOR
Riz Ahmed – “O Som do Silêncio”
Chadwick Boseman – “A Voz Suprema do Blues”
Gary Oldman – “Mank”
Steven Yeun – “Minari”

Melhor Atriz Coadjuvante

Yuh Jung-Youn – “Minari” – VENCEDORA
Maria Bakalova – “Borat”
Glenn Close – “Era uma Vez um Sonho”
Amanda Seyfried – “Mank”
Olivia Colman – “Meu Pai”

Melhor Ator Coadjuvante

Daniel Kaluuya – “Judas e o Messias Negro” – VENCEDOR
Sacha Baron Cohen – “Os 7 de Chicago”
Leslie Odom Jr. – “Uma Noite em Miami”
Paul Raci – “O Som do Silêncio”
Lakeith Stanfield – “Judas e o Messias Negro”

Continua depois da Publicidade

Melhor Direção

Chloé Zhao – “Nomadland” – VENCEDORA
Thomas Vinterberg – “Another Round”
David Fincher – “Mank”
Lee Isaac Chung- “Minari”
Emerald Fennell – “Bela Vingança”

Melhor Roteiro Original

“Bela Vingança” – VENCEDOR
“Os 7 de Chicago”
“Minari”
“Judas e o Messias Negro”
“O Som do Silêncio”

Melhor Roteiro Adaptado

“Meu Pai” – VENCEDOR
“Borat 2”
“Nomadland”
“Uma Noite Em Miami”
“O Tigre Branco”

Melhor Figurino

“A Voz Suprema do Blues” – VENCEDOR
“Emma”
“Mank”
“Mulan”
“Pinocchio”

Melhor Maquiagem e Cabelo

“A Voz Suprema do Blues” – VENCEDOR
“Emma”
“Era uma Vez um Sonho”
“Mank”
“Pinóquio”

Continua depois da Publicidade

Melhor Trilha Sonora Original

“Soul” – VENCEDOR
“Destacamento Blood”
“Mank”
“Minari”
“Relatos do Mundo”

Melhor Canção Original

“Fight for You” – “Judas e o Messias Negro” – VENCEDORA
“Hear my Voice” – “Os 7 de Chicago”
“Husavik” – “Eurovision”
“Io Sí” – “Rosa e Momo”
“Speak Now” – “Uma Noite em Miami”

Melhor Direção de Arte

“Mank” – VENCEDOR
“Meu Pai”
“A Voz Suprema do Blues”
“Relatos do Mundo”
“Tenet”

Melhor Fotografia

“Mank” – VENCEDOR
“Judas e o Messias Negro”
“Relatos do Mundo”
“Nomadland”
“Os 7 de Chicago”

Melhor Som

“O Som do Silêncio” – VENCEDOR
“Greyound”
“Mank”
“Relatos do Mundo”
“Soul”

Continua depois da Publicidade

Melhores Efeitos Visuais

“Tenet” – VENCEDOR
“Love and Monsters”
“O Céu da Meia-Noite”
“Mulan”
“O Grande Ivan”

Melhor Documentário

“My Octopus Teacher” – VENCEDOR
“Collective”
“Crip Camp”
“The Mole Agent”
“Time”

Melhor Animação

“Soul” – VENCEDOR
“Dois Irmãos – Uma Jornada Fantástica”
“A Caminho da Lua”
“Wolfwalkers”
“Shaun, o Carneiro, o Filme: A Fazenda Contra-Ataca”.

Melhor Filme Internacional

Another Round (Dinamarca) – VENCEDOR
Better Days (Hong Kong)
Collective (Romênia)
The Man Who Sold His Skin (Tunísia)
Quo Vadis, Aida? (Bósnia)

Melhor Curta-Metragem de Animação

“If Anything Happens I Love You” – VENCEDOR
“Burrow”
“Genius Loci”
“Opera”
“Yes-People”

Continua depois da Publicidade

Melhor Documentário de Curta-Metragem

“Collete” – VENCEDOR
“A Concerto is a Conversation”
“Do Not Split”
“Hunger Ward”
“A Love Song for Latasha”

Melhor Montagem

“O Som do Silêncio” – VENCEDOR
“Meu Pai”
“Nomadland”
“Bela Vingança”
“Os 7 de Chicago”

Melhor Curta-Metragem em Live-Action

“Two Distant Strangers” – VENCEDOR
“Feeling Through”
“The Letter Room”
“The Present”
“White Eye”