Ivis

Babá que presenciou agressão de DJ Ivis dá depoimento importante, e polícia resgata imagens de outros ataques apagadas por músico

O “Fantástico” deste domingo (18) trouxe uma reportagem com detalhes sórdidos e assustadores do relacionamento abusivo vivido entre Pamella Holanda e Iverson Araújo, conhecido como DJ Ivis. As agressões ocorriam desde muito antes de quando o caso ficou conhecido, e contou com atitudes cruéis vindas do cantor. Agora, a polícia age para investigar e punir o agressor.

Ivis responderá agora a dois inquéritos. Um deles em Fortaleza, por conta do vídeo em que aparece espancando Pamella dentro do apartamento em que os dois viveram. Outro em Eusébio, pela agressão que se passou na casa para onde eles haviam se mudado recentemente. Sete pessoas já foram ouvidas no caso, mas, segundo a polícia, o depoimento da babá que trabalhou por apenas um dia com o ex-casal e testemunhou uma das agressões, é o mais importante.

Ela não tinha vínculo nenhum com nenhuma das partes, nem com a Pamella nem com o Iverson. Diferentemente do Charles (motorista de Ivis) e da governanta, que têm um vínculo maior com ele“, explicou o delegado Tharsio Facó. Em sua declaração, a babá afirmou que escutou barulhos vindos do quarto dos dois, que se pareciam com pancadas na parede.

Continua depois da Publicidade

Ela contou que a mãe do DJ também estava na casa e teria dito: “Eles estão arengando (brigando)”. Em seguida, Pamela teria saído do quarto chorando muito e com um olho roxo. Os vídeos que chocaram e viralizaram na internet, estavam guardados com Holanda, em seu celular, desde que ela morava no apartamento de Fortaleza. Segundo ela, Ivis chegou a apagar gravações feitas na nova casa, mas os investigadores conseguiram recuperar registros dos momentos após a agressão do quarto.

Ele sai do quarto, em seguida ela sai chorando bastante. Em alguns segundos ele já volta, e volta muito exaltado. Aquilo é muito sugestivo de que tinha acabado de acontecer a agressão dentro do quarto do casal“, afirmou o delegado. A advogada de Pamella, Priscila Virino Silveira, conseguiu medidas restritivas contra o artista, além de ter solicitado outras providências.

Pamella Holanda Dj Ivis
Ivis foi preso após agredir esposa. (Fotos: Reprodução/Instagram)

Ele não pode postar imagens nem vídeos íntimos dela, também não pode postar qualquer imagem que vá ferir a honra ou difamá-la. Ele também não pode celebrar contratos, cancelar, ou vender bens“, explicou a advogada. Ivis, como já se sabe, foi preso e não quis dar depoimento a polícia. Em audiência de custódia, a prisão foi mantida e o DJ foi transferido para um presídio.

A defesa do agressor enviou uma nota ao Fantástico, afirmando que “o DJ Ivis reconhece que [as agressões] foram totalmente desleais, e não há nada que possa justificar”, e que o rapaz irá arcar com a responsabilidade de seus atos. Já Charles de Oliveira, motorista do artista que presenciou uma das agressões e não fez nada para separar, tentou se justificar: “Eu travei. Fiquei parado, sem acreditar no que estava vendo“.

Continua depois da Publicidade

Por outro lado, Pamella só pensa agora em seguir sua vida. “Eu não aguentava mais que a minha filha escutasse meu choro ou me visse – eu não quero que ela grave a imagem de mim chorando. Eu aconselho, encorajo, peço que não tenham medo. A gente não pode se aprisionar em nada que é ruim“, desabafou ela. Assista à reportagem na íntegra: