Dj Ivis

DJ Ivis é preso por agressões contra ex-mulher; saiba detalhes

Iverson de Souza Araújo, o DJ Ivis, foi preso nesta quarta-feira (14), em Fortaleza (CE). A notícia foi confirmada pelo governador do estado, Camilo Santana, pelas redes sociais. O caso tem causado muita revolta desde domingo (11), quando Pamella Holanda expôs vídeos chocantes em que aparece apanhando artista, seu ex-marido.

“Acabo de ser informado pelo nosso secretário de Segurança da prisão do DJ Ivis, no caso das agressões a Pamella Holanda. A prisão preventiva havia sido solicitada ontem pela nossa Polícia Civil e decretada há pouco pela Justiça. Que responda pelo crime cometido”, escreveu Santana através do Twitter. Confira a publicação abaixo:

Continua depois da Publicidade

O “Cidade Alerta”, da Record TV, acompanhou o momento em que Ivis chegou à delegacia após sua prisão. O DJ foi cercado e interrogado pela imprensa, mas permaneceu calado. Em outro vídeo, divulgado pelo Jornal O Povo, o músico é vaiado antes antes mesmo de entrar no prédio, por pessoas que estavam presentes no local. Confira:

De acordo com o G1, Pamella também deve ser submetida a um novo exame de corpo de delito. Tarso Facó, delegado adjunto do distrito que investiga o caso, falou hoje sobre o assunto, quando mais uma testemunha foi ouvida. A vítima já está com a documentação necessária para o novo exame, que deve ser realizado em 30 dias e determinará qual foi a gravidade das lesões sofridas pela influencer.

Pamella Holanda Dj Ivis
Pamella Holanda deve ser submetida a um novo exame de corpo de delito, que determinará a intensidade das lesões após agressões de DJ Ivis. (Fotos: Reprodução/Instagram)

O caso é investigado como lesão corporal no contexto de violência doméstica, e é acompanhado pelo Departamento de Proteção aos Grupos Vulneráveis (DPGV) da Polícia Civil. Ainda nesta quarta, Maria Vaneide da Silva, que era funcionária na residência do casal, compareceu voluntariamente na delegacia e prestou depoimento. Os relatos dela devem contribuir para que as autoridades tenham informações sobre as atitudes cometidas pelo produtor musical.

Continua depois da Publicidade

Até o momento, a polícia já ouviu 10 pessoas sobre o caso. Uma delas foi um homem que aparece nas imagens de segurança e presencia os chutes, socos e puxões de cabelo disparados contra Pamella. Segundo Ivis, o rapaz é um funcionário. “Eu trouxe ele da Paraíba para cá porque eu não aguentava mais sofrer sozinho”, disse o artista, numa série de vídeos em que tentava justificar seus atos.

Relembre o caso

No domingo (11), o nome do DJ Ivis ficou entre os assuntos mais comentados da internet, após vir à tona vídeos dele agredindo violentamente sua esposa, Pamella Gomes de Holanda, na frente da filha deles, Mel, um bebê de apenas nove meses. De acordo com informações do jornalista Leo Dias, do jornal Metrópoles, as gravações foram feitas no dia 1º de julho. No dia seguinte, ele teria repetido a agressão, após ameaçá-la com uma faca e, durante o embate físico, ter quebrado o telefone da mulher.

Continua depois da Publicidade

Ainda segundo os relatos divulgados por Dias, Pamella só conseguiu chamar a polícia com a ajuda do chefe de segurança do condomínio em que ela e o DJ moram, na Grande Fortaleza. Os dois foram encaminhados à delegacia metropolitana de Eusébio, no Ceará. Enquanto Ivis recebeu apoio de sua equipe de advogados, Pamella permaneceu no local sozinha. Com medo de alguma retaliação, ela foi embora sem fazer o exame de corpo de delito e terminar seu depoimento.

[Atenção! Imagens fortes!]

As informações ainda constam que os oficiais foram atrás de Holanda, e ela confessou estar com medo de ser agredida mais uma vez, solicitou que eles apenas retirassem Ivis de casa e o impedissem de chegar perto dela – pedido que foi atendido pela equipe policial. No dia seguinte, Pamella entrou em contato com a polícia — agora com o apoio necessário numa situação delicada como essa —, pois desejava fazer os trâmites que pudessem dar prisão ao marido. Mas, apesar da realização dos procedimentos, a denúncia contra DJ Ivis já não se configurava como flagrante.

Após o episódio no dia 4 de julho, a Justiça do Ceará emitiu uma medida protetiva em caráter de urgência à favor de Pamella e de sua filha, Mel, de apenas nove meses. Instruído por seus advogados, Ivis retirou todos os seus pertences de casa, inclusive todo o dinheiro guardado, deixando a mulher sem recursos financeiros – apenas com R$ 8 na conta e sem telefone celular. As informações divulgadas pelo jornal Metrópoles foram confirmadas por Pamella Holanda e pessoas próximas à família, que revelaram, ainda, que esse não foi o primeiro ataque à jovem.

[Atenção! Imagens fortes!]