BBB 19: Delegacia abre inquérito para investigar racismo e intolerância religiosa no programa, diz jornal

As falas polêmicas de alguns participantes dentro do “Big Brother Brasil” podem trazer bastante dor de cabeça para a vida deles — dentro e fora da casa. Segundo o jornal Extra, a Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância do Rio de Janeiro informou que está apurando as declarações de cunho preconceituoso dadas ao longo do programa.“Foi instaurado inquérito para apurar o ocorrido. As investigações estão sob sigilo”, diz nota divulgada pelo veículo.

Quem pode ser afetado pelas investigações são os participantes Maycon e Paula. Como contamos recentemente, o vendedor de queijo afirmou “sentir um negócio muito estranho” ao ver Gabriela e Rodrigo dançando ao som de “Identidade”, do cantor Jorge Aragão, em uma festa do reality. “Eu estava comendo aqui nessa cadeira, de boaça. E estavam o Rodrigo e a Gabi… Eu olhei para os dois num sincronismo legal, juro por Deus que achei legal… Aí comecei a olhar e escutar uns negócios, tipo ‘não faça igual a eles’”, explicou o mineiro à Diego, quando indagado sobre o motivo de estar chorando.

Outra participante que deu declarações bastante controversas dentro da casa foi Paula. A loira já chegou a afirmar ter medo de religiões africanas: “Eu tenho muito medo do Rodrigo. Ele fala o tempo todo desse negócio de Oxum deles lá, que ele conhece. Eu tenho medo disso, mas nosso Deus é maior”. Discriminar alguém por raça e cor é considerado crime no Brasil desde 1989. A acusação de injúria racial pode ser aplicada quando a honra de alguém é ofendida por causa da raça, cor, etnia, religião ou origem.

No perfil oficial de Rodrigo no Twitter, o time dele afirma que está procurando as “medidas cabíveis para esta situação”:

Já o perfil de Gabriela no Instagram chamou atenção para um momento em que Maycon e Paula falam sobre os cigarros da colega de confinamento e o associam à religião. “Não vou falar o nome desse espírito aí, mas as pessoas dão a oferenda que é cigarro, bebida, pra eles”, disse a loira. Veja abaixo:

https://www.instagram.com/p/BtugPhKhYEG/?utm_source=ig_share_sheet&igshid=s2r8p04aqiw0

Em comunicado enviado ao hugogloss.com pela Rede Globo, a emissora declarou não ter recebido nenhuma notificação até o momento e ressaltou repudiar qualquer tipo de intolerância e preconceito. “Não fomos notificados, mas é importante pontuar que a Globo respeita a diversidade, a liberdade de expressão e repudia com veemência qualquer tipo de intolerância e preconceito, em todas as suas formas”, se posicionou o canal. “Qualquer manifestação pessoal, equivocada ou não, feita pelos participantes do programa, não reflete o posicionamento da emissora“, concluiu a nota da TV Globo.

* Leia também:

— BBB 19: Paula acusa Rodrigo de se vitimizar e confirma incômodo com o brother; veja vídeos!

— BBB 19: Após momento entre Gabriela e Rodrigo, Maycon revela ‘arrepio’ e garante ter ouvido voz: “Não faça igual a eles”; comentário causa controvérsia nas redes

— BBB 19: Em discussão com Gabriela e Elana, Paula surpreende: ‘Eu sou negra!’; veja vídeo