BBB21: Lucas e Kerline tentam se acertar após briga, mas artista compara situação a massacres, cita Stalin e dispara: “Você é dissimulada e vai f*der com a pessoa”; assista!

Após os desentendimentos durante a primeira festa do “BBB 21”, Lucas Penteado e Kerline Cardoso tentaram se reconciliar na tarde desta quinta-feira (28). Os dois conversaram e se abriram sobre pontos que os magoaram, mas o ator não escondeu seu incômodo e lançou várias críticas à sister — algumas bem pesadas.

Tudo começou quando eles se sentaram na área externa da casa para tentar esclarecer as desavenças. Kerline começou falando sobre a brincadeira de “cupido” de Lucas, que a deixou incomodada, mas que também a fez sentir liberdade para brincar com ele. “Que que eu pensei, se ele tem umas brincadeiras meio assim comigo, acho que tenho direito de criar uma ondinha como ele também”, iniciou.

Continua depois da Publicidade

“Quando você me encostou na parede falando que era cupido, você me encostou na parede umas três vezes”, declarou a influenciadora. “Eu não queria falar nenhum nome de homem. Eu não ia me sentir confortável… Aí eu pensei, vou falar pra ele: ‘E se eu quiser ficar contigo?’. Que foi uma pessoa que eu me identifiquei de cara, só que você me magoou e foi me magoando aos pouquinhos… Tentei entender seu lado também, mas não fiz nada de má-fé”, declarou.

O assunto prosseguiu e Kerline avaliou sobre sua postura. “Deu a entender que eu tô querendo brincar com você ou com Nego Di pra abafar que eu posso ir pro paredão”, mencionou. Mas Penteado logo interveio: “Pode, não. Se eu ganhar o líder você vai pro paredão. Claro que tá [ok, colocar no paredão], faz parte do jogo”. “Bicho chato”, brincou a loira. “Mas não é isso… Eu queria trocar ideia, queria me aproximar mais de você. Nego Di não olha mais pra mim. Queria conhecer mais desse cara”, completou.

Continua depois da Publicidade

Na sequência, Lucas admitiu “ter medo” da cearense. “Não tô com medo de você porque você mete o louco à beça e que cada hora você é uma pessoa… Eu tô com medo de você porque normalmente eu não tenho afinidade e proximidade com pessoas brancas. Quando acontece alguma coisa com uma pessoa branca, a gente vai explicar, essa pessoa branca diz que entendeu, mas ela não entendeu. Tem gente que para, escuta e compreende. Mas majoritariamente as pessoas não querem saber a dor das outras. Quando é sem querer a gente aceita, desconstrói… Tu fez a brincadeira querendo, não fez? Tu me machucou como mina nenhuma me machucou”, assumiu ele.

“Ah, meu Deus! Eu não imaginava. Foi uma brincadeira, assim como você me machucou com a sua”, respondeu Kerline. “Tudo bem, mas você quis me colocar na parede. Você queria que eu sentisse algo”, devolveu ele. “Não queria que você ficasse magoado, eu queria que você ficasse… embasbacado”, disse ela, quando o rapaz completou sua fala. “Embasbacou, fiquei igual idiota”, descreveu.

Lucas então sugeriu: “O porquê de você fazer as coisas, na minha opinião, é por isso: porque você faz ruindade mesmo”. “Você acha que foi de maldade?”, questionou Cardoso. “De maldade, tu é braba mesmo”, respondeu ele. “É sério que tu acha mesmo, que o ser humano é ruim?”, insistiu ela. “Tu é esse ser humano aí, ruim”, complementou o jovem. “Tu acha? Que doideira! É sério? Cara…”, surpreendeu-se a sister.

“É sério, mas ninguém é ruim sem querer, ou de propósito. Pra mim você foi… Se sentiu com medo de ir pro paredão e sair de casa, procurou tretar comigo de uma forma que achou que iria me machucar”, completou Penteado. “Olha como meu pensamento é, não tô nem acreditando que existe a possibilidade de alguém fazer isso, ‘Eu vou machucar o coração dessa pessoa de propósito'”, refletiu a loira. “Você não acredita que tenha? Então você tem que rever os seus conceitos, porque foi o que você fez”, rebateu Lucas.

“Não sei se isso pega pras pessoas que tão vendo, mas não tô falando de jogo, não. Pra mim, tu é uma pessoa que eu não quero perto aqui dentro, porque eu não sei se você tá jogando ou tá sendo sincera”, disparou ele. “Se tem uma coisa que eu sei que eu não sou, é ruim”, reforçou a cearense.

Comparação com Stalin, III Reich e Kerline chamada de “dissimulada”

No entanto, enquanto a conversa foi evoluindo, as acusações foram ficando cada vez mais sérias. Após Kerline ter dito que não fez nada por mal, Lucas comparou a situação aos massacres promovidos por Stálin na União Soviética, pela Alemanha nazista no III Reich, e também os da Revolução Cubana, querendo dizer que em todos os casos as pessoas fizeram coisas ruins sem assumirem que isso era ruim.

“Você não é ruim de propósito, você falou: ‘Não é por mal se eu for’. Quando os caras inventou (sic) a ideia do III Reich… É, eu tô falando uma ideia absurda, não é de propósito. Você é um ser humano como todos eles eram. Quando Stalin fez aquele massacre lá, não era por mal também. Quantos outros, né? Quando em Cuba os caras fizeram a revolução e mataram tudo aquilo de gente. E assim sucessivamente”, rebateu o artista.

Continua depois da Publicidade

“Aí você tá… Gente, não, não. Você tá comparando essa situação? Coloca um pouquinho mais de amor nesse peito! Calma!”, surpreendeu-se Ker. “Olha pra mim, cara. Para com esse deboche pesado”, pediu ela. “Não é um deboche… é sério! As pessoas não achavam que aquilo era ruim… Eu tô explicando pra você que o ser humano pode não fazer de propósito, mas não quer dizer que não faça mal”, declarou.

“Gente, eu tô em choque! Porque eu não fiz de mal pra você, nem pra jogar. Não foi mesmo”, defendeu-se Kerline. “Mas que não se repita… Mas pra mim, foi. Aí é isso aí”, completou o brother. “Olha aqui, de verdade, coloca um pouquinho mais de amor”, pediu a cearense.

O brother ainda foi além! “Pra mim você é dissimulada. Quem fechar contigo vai se f*der, porque vai ver que tu é dissimulada e que tu vai f*der com a vida da pessoa. É isso, você é dissimulada na minha opinião. E aí você tá conversando isso e pode ser que você nem esteja sentindo. Aí o mais difícil é que você não sabe quando a pessoa tá sentindo ou não”, alfinetou Lucas.

Kerline não se deixou abalar e perguntou: “O dissimulado que tu fala é como?”. “A gente vai ter que reassistir e ver”, respondeu Lucas, ao que a cearense argumentou: “Dissimulado eu acho que é a pessoa que fala uma coisa que ela não tá sentindo. Mas eu tô falando justamente o que eu tô sentindo”.

Diante disso, Lucas insistiu em explicar por que Kerline seria dissimulada. “A partir do meu erro, o que você sentiu, eu vi que é real [sua dor]. Por isso que eu me retiro e eu errei. Fora essa parte da invasão da sua privacidade, da pressão que você sentiu, o resto você dissimulou. Porque você queria saber se eu te dei a cobrinha, porque você tava na sua maldade, porque você tava com medo de ir pro paredão… Pra mim você dissimula bastante. Mas não sobre sua dor”, pontuou ele. Então, a cearense refletiu: “Se tu soubesse mesmo, na real, você falaria: ‘Cara, eu tô viajando pensando nisso'”.

Vixe, gente! Esses dois estão longe de se acertar pra valer, hein? Saiba todos os detalhes da origem do desentendimento durante a festa e assista aos vídeos, clicando aqui.